Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 27/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 27/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 27/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 26/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 26/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 26/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 26/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 26/06 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Europa

Personalidades fazem apelo para “reinventar a Europa” pós-Brexit

media Daniel Cohn Bendit é uma das personalidades que estimulam a discussão por uma nova Europa. whatsthefoot.com

Trinta personalidades do mundo da cultura, da sociedade civil e da política fizeram um apelo para "reinventar a Europa" depois do impacto do Brexit, em um texto publicado neste domingo (26) em sete jornais europeus.

"Respeitamos o voto dos cidadãos britânicos, e o lamentamos. Mas é fundamental não deixar que o Brexit desvie nossa energia. Pelo contrário, pode e deve servir para reavivá-la; os europeus devem reinventar-se e enfrentar desafios coletivos consideráveis", afirmam os signatários.

Entre as pessoas que assinam o texto estão o ex-primeiro-ministro espanhol Felipe González (1982-1996), o escritor italiano Roberto Saviano e o político franco-alemão Daniel Cohn-Bendit.

O apelo foi publicado pelo Journal du Dimanche (França), Bild am Sonntag (Alemanha), Le Soir (Bélgica), La Stampa (Itália), Público (Portugal), Tageblatt (Luxemburgo) e Gazeta Wyborcza (Polônia).

Proposta traz iniciativas e propostas

O texto, apresentado como um "mapa do caminho para um novo renascimento europeu", representa uma série de iniciativas, entre elas "um reforço da democracia e da cultura cívica europeia" e "uma nova etapa em termos de segurança, defesa e proteção civil dos cidadãos europeus".

Também defende uma mudança na Eurozona para que não seja uma "máquina de aumentar as desigualdades" e pede uma "nova política industrial europeia", com menor emissão de carbono e "capaz de modernizar nossa economia e de criar muitos empregos em breve".

"Para que nossa ambição se concretize, precisamos que vocês, cidadãos de nossos países da União, se apoderem de nossa iniciativa: debatam, contradigam ou completem nossas propostas", afirma o texto.

"A União Europeia deve voltar a ser um assunto de todos, e não apenas daqueles que desejam destrui-la", opina o artigo.
 

"Jogo tático dos conservadores britânicos prejudica a todos"

O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, pediu ao primeiro-ministro britânico, David Cameron, que inicie o processo de saída da União Europeia (UE) na terça-feira (28), dia de uma reunião de cúpula do bloco.
Em entrevista ao jornal alemão Bild, Schulz afirmou que um período confuso "levaria a mais insegurança, colocando os empregos em perigo".

"Esta atitude de dúvida, simplesmente para seguir o jogo tático dos conservadores britânicos, prejudica a todos", completou. "Por isto contamos com o governo britânico para cumprir suas promessas a partir de agora e a reunião de cúpula de terça-feira será um bom momento".

As quatro bancadas mais importantes do Parlamento Europeu também redigiram uma resolução que convida Cameron a iniciar o Brexit na terça-feira, informa o jornal alemão Frankfurter Allgemeine Sonntagszeitung.
"É imperativo evitar uma incerteza prejudicial para todos e preservar a unidade da União", afirma o texto dos parlamentares. "Não se poderá aprovar nenhuma nova relação, do tipo que for, entre o Reino Unido e a UE enquanto o acordo de saída não estiver concluído", completa.

Na sexta-feira (24), após o choque do resultado do referendo, que definiu a saída do Reino Unido da UE, Cameron anunciou sua renúncia para o mês de outubro, deixando para o sucessor o papel de negociar o Brexit com os outros países membros.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.