Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 23/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Mundo

Ministros das Finanças do G7 discutem crise na Ucrânia nesta quinta-feira

media Arsen Avakov, ministro do interior durante coletiva de imprensa em Kiev, Ucrânia. REUTERS/Shamil Zhumatov

Os ministros das Finanças do G7 (Estados Unidos, Alemanha, França, Japão, Itália, Canadá e Grã-Bretanha) se reúnem nesta quinta-feira (10) em Washington para discutir o impacto da crise econômica na Ucrânia.

O encontro acontecerá no final da tarde em Washington, à margem da Assembleia Geral do FMI (Fundo Monetário Internacional) e do Banco Mundial. A crise na Ucrânia e as tensões com a Rússia estarão no centro das discusses, mas outros assuntos poderão ser abordados.

Os esforços diplomáticos não estão sendo poupados para que seja encontrada uma solução para o conflito. Uma reunião entre a Rússia, os Estados Unidos e a Ucrânia também deve acontecer na próxima semana.

O impacto econômico da crise também começa a suscitar a preocupação das potências ocidentais. Nesta quarta-feira, a Reserva Federal Americana assegurou que as tensões na Ucrânia poderiam afetar negativamente o crescimento mundial.

FMI revisa para baixo crescimento mundial

Nesta terça-feira, o FMI revisou para baixo as previsões de crescimento mundial em razão do aumento dos riscos geopolíticos. No fim de março, os países do G7 se disseram prontos para reforçar as sanções contra a Rússia, que atualmente atingem pessoas próximas do presidente Vladimir Putin.

As medidas contra a Rússia também é um dos assuntos que será debatido durante a reunião dos ministros das Finanças dos países industrializados e emergentes do G-20, marcada para esta quinta e sexta-feira em Washington.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.