Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 22/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 22/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Brasil faz “serviço mínimo” contra Costa Rica, diz AFP

media Jogadores festejam o gol de Hulk que deu a vitória a seleção brasileira contra a Costa Rica, no amistoso deste sábado (5) CBF

O Brasil não brilhou no amistoso contra a Costa Rica, disputado na noite de sábado (5), critica a agência francesa de notícias. A vitória de 1 a 0 foi “serviço mínimo” alfineta a AFP. Para o L’Équipe, a seleção brasileira conquistou uma “vitorinha”, no gramado do estádio de Nova Jersey, nos Estados Unidos.

A AFP diz que a seleção brasileira dominou a partida contra a Costa Rica, mas Sá encontrou o caminho do gol uma única vez, aos 10 minutos do primeiro tempo, graças a Hulk. O atacante do Zenit, escalado como único centro-avante do time, batalhou na área para recuperar a bola, ganhou na força do zagueiro González e chutou colocado, abrindo o placar.

A agência francesa ressalta que Hulk fez ontem seu primeiro retorno à seleção brasileira desde o fiasco da Copa do Mundo de 2014. Ele aproveitou a oportunidade para dar a vitória ao Brasil e marcar seu décimo gol com a camisa verde-amarela. O gol de Hulk parece ter tido efeito anestésico. A AFP avalia que apesar de várias oportunidades, principalmente em ações de Marcelo e Douglas Costa no segundo tempo, a seleção teve que se contentar com essa pequena vitória nesse primeiro jogo após a Copa América, no Chile.

Jogadores do PSG

A imprensa francesa dá destaque para a atuação dos jogadores brasileiros do PSG que foram escalados por Dunga, como o zagueiro David Luiz. Mas a maior novidade foi a entrada de Lucas Moura, que não participou nem da Copa do Mundo nem da Copa América, aos 33 minutos do segundo tempo no lugar de Willian.

L’Équipe e a AFP ressaltam a decisão de Dunga de colocar Neymar em campo faltando apenas dez minutos para o apito final. A atuação do craque do Barcelona não teve nenhum impacto na partida, afirmam, e Neymar não poderá jogar os dois primeiros duelos pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, devido a seu cartão vermelho na derrota para a Colômbia, na Copa América.

Na próxima terça-feira (8), o Brasil encerra a pequena turnê de amistosos nos Estados Unidos com um duelo contra a seleção anfitriã, em Boston. Este será o último jogo da equipe comandada por Dunga antes da estreia nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, em outubro contra o Chile, em Santiago.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.