Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 21/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 21/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 21/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 21/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Esportes

Estado de saúde de Schumacher melhorou, diz porta-voz do ex-piloto

media Foto do ex-piloto de Fórmula 1, Michael Schumacher.24/03/2011 REUTERS/Scott Wensley/Files

A porta-voz de Michael Schumacher declarou que o ex-piloto de fórmula 1 faz progressos e que seu estado de saúde melhorou. Sabine Kehn fez a declaração em Berlim, na sexta-feira (22), durante um evento promocional.

“Estamos felizes de poder dizer que ele (Schumacher) faz progressos e eu digo isso lembrando a gravidade de sua ferida na cabeça”, afirmou a porta-voz do heptacampeão do mundo de Fórmula 1. Sabine Kehn insistiu que Michael Schumacher precisará ainda de muito tempo para se recuperar.

Em dezembro de 2014, quando o grave acidente de esqui com o ex-piloto alemão completou um ano o jornal francês Le Parisien divulgou que Schumacher estaria reconhecendo seus familiares e que conseguia se comunicar por meio de movimentos com os olhos.

Acidente

Schumacher caiu no dia 29 de dezembro de 2013 quando esquiava com o filho e um grupo de amigos em uma pista não-balizada na estação de Meribel, nos Alpes Franceses. Ele bateu a cabeça em uma pedra, teve graves ferimentos na cabeça e ficou em coma durante quase seis meses.

Depois de cinco meses internado no Hospital Universitário de Grenoble, o heptacampeão saiu do coma e foi transferido, em junho de 2014, para o Hospital Universitário de Lausanne. Em setembro, ele foi levado para a sua casa na Suíça, onde é acompanhado por uma equipe médica. Segundo a imprensa alemã, uma equipe de 15 profissionais trabalha diariamente na recuperação do piloto, que sofreu graves danos cerebrais.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.