Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 26/05 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 26/05 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 26/05 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 26/05 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 26/05 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 26/05 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 25/05 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 25/05 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Mundo

Erdogan inaugura aeroporto gigante em Istambul e ignora alertas sobre riscos ambientais e de segurança

media Vista do novo aeroporto de Istambul AFP/ISTANBUL GRAND AIRPORT PRESS CENTER/HO

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan inaugurou nesta segunda-feira (29) o novo aeroporto de Istambul, que pode ser o maior do mundo, com capacidade para receber cerca de 200 milhões de passageiros por ano. O projeto imenso, que custou mais de € 10 bilhões, provocou diversas controvérsias em razão das condições de trabalho dos operários e dos riscos para o meio ambiente.

O aeroporto foi realizado em três anos, feito às pressas, e sua inauguração aconteceu antes mesmo que ele esteja pronto para começar a funcionar com toda sua capacidade – algo que não deve acontecer antes do fim do ano. Uma dezena de chefes de Estado e milhares de outros convidados vieram presenciar o evento. O projeto é um dos mais importantes para Erdogan.

É uma obra “histórica”, disse o presidente da Turquia. A partir do momento de sua abertura, o Aeroporto de Istambul terá apenas cinco voos programados por dia até o fim da transferência de todos os equipamentos do aeroporto vizinho, de Atatürk. A mudança foi adiada e deve ser concluída no fim de dezembro.

Othan Demir, especialista dos transportes entrevistado pela RFI, julga o projeto “desmesurado”. “Observem todos os aeroportos de grandes cidades mundiais... Londres Heathrow, Pequim, Paris, Moscou... O tráfico não ultrapassa 90 milhões de passageiros. No estado atual da aviação, não podemos aumentar indefinidamente o número de aeronaves que vão decolar e aterrissar ao mesmo tempo. É por isso que Londres ou Moscou têm três ou quatro aeroportos internacionais e não somente um aeroporto de capacidade de 150 a 200 milhões de passageiros”.

Problemas ambientais e de segurança

O projeto também apresenta problemas ambientais – cerca de 80% do terreno era composto por área verde. “Eram terras agrícolas incrivelmente férteis, reservas de água doce, uma fauna extraordinária... Enfim, um verdadeiro ecossistema”, afirma Ayse Ikici, membro da Associação de defesa das florestas do norte de Istambul. “As consequências já são visíveis. Sem falar dos deslizamentos de terra – ocorreram três desde agosto”.

Para Nihat Demir, secretária geral do sindicato da construção Dev-Yapi Is, é uma “loucura” inaugurar um projeto desse tipo apenas três anos depois do início das obras. “Era evidente que o aeroporto não estaria pronto até o dia 29 de outubro. Mas ao invés de fazer as coisas como se deve, forçamos os operários a trabalharem na urgência. Quando usamos concreto, é preciso esperar pelo menos uma semana para que ele fique seco e sólido. Posso garantir que não estão respeitando essa regra, é completamente ilegal. Existe risco de desmoronamento. A inauguração é somente para publicidade, em detrimento da segurança”, afirma.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.