Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 22/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 22/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/07 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • Boris Johnson é o novo primeiro-ministro do Reino Unido
Mundo

Atirador abre fogo em universidade na Turquia: 4 mortos

media Quatro pessoas morreram nesta quinta-feira(5) depois de um tiroteio em uma universidade de Eskisehir, oeste da Turquia. DHA / DOGAN NEWS AGENCY / AFP

Quatro pessoas morreram nesta quinta-feira (5) quando um homem abriu fogo em uma universidade de Eskisehir, oeste da Turquia, segundo informou a agência de notícias Dogan, acrescentando que o atirador havia sido detido.  

Segundo a agência Anadolu, o atirador, que foi preso pela polícia, é pesquisador da universidade, segundo disse o reitor Hasan Gonen à mídia local. Ele matou o vice-reitor, dois membros do corpo acadêmico e uma secretária do estabelecimento de ensino por razões ainda desconhecidas. Três outras pessoas ficaram feridas durante o tiroteio, informou a CNN turca.

Várias ambulâncias e patrulhas da polícia se encontram no local. As imagens da TV mostram empregados e estudantes da universidade chorando, além de vários policiais e o pessoal médico presentes no local, onde estudantes e funcionários da universidade foram atendidos por paramédicos.

Segundo ele, o atirador entrou no gabinete do reitor, que não se encontrava no momento, depois saiu e matou quatro pessoas com uma pistola. Ele depois fugiu, mas foi posteriormente capturado pela polícia.

Apesar da Turquia ter sido alvo de vários atentados nos últimos anos, este tipo de tiroteio é relativamente pouco frequente no país. Algumas organizações alertaram sobre o aumento de armas em circulação no país.

De acordo com um jornalista da agência Anatólia entrevistada pela CNN turca, o atirador teria se entregado à polícia sem tentar fugir.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.