Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 23/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/10 15h00 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 21/10 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 21/10 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Mundo

Coreia do Norte denuncia discurso belicoso de Trump

media Kim Jong Un: líder norte-coreano se diz pronto para atacar os Estados Unidos. KCNA/via REUTERS

O jornal oficial do governo norte-coreano, Rodong Sinmun, acusa, na edição deste domingo (5), o presidente Donald Trump de fazer “comentários imprudentes” no primeiro discurso da sua viagem à Ásia.

Segundo o editorial do jornal, o povo norte-americano já está mobilizado pelo impeachment de Donald Trump, um presidente “espiritualmente desequilibrado”, que poderá causar um “desastre nuclear nos Estados Unidos”.

No seu primeiro discurso no Japão, feito neste domingo na base aérea de Yokota, a 40 quilômetros de Tóquio, Donald Trump disse que nenhum “ditador” poderia subestimar a força dos Estados Unidos, em clara referência a Kim Jong-Un, o líder da Coreia do Norte.

"Provocação desnecessária"

O jornal Rodong Sinmum citou o presidente do comitê de Relações Exteriores do senado norte-americano, Bob Corker, que disse que Trump estava, desnecessariamente, agravando a crise nuclear entre os dois países.

Mas, segundo o editorial, Trump não deu ouvidos aos apelos de moderação, insistindo em “provocar a Coreia do Norte com seus comentários irresponsáveis”.

"Punição impiedosa"

“Se os Estados Unidos não compreenderem a determinação da Coreia do Norte e ousarem agir de maneira irresponsável, o governo norte-coreano será obrigado a aplicar uma punição impiedosa aos americanos usando todas as suas forças”, diz o editorial do Rodong Sinmum.

A tensão entre os dois países chegou ao extremo depois do sexto e mais poderoso teste nuclear realizado pelos norte-coreanos em setembro, além de uma série de testes com misseis balísticos. Segundo Pyongyang, esses testes permitiram que, agora, a Coreia do Norte possa atacar diretamente o território dos Estados Unidos.

 

(Com agência AFP)

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.