Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 15/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 15/11 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 15/11 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 14/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 14/11 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 14/11 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 14/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 14/11 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Le Point traz perfil de magnata indiano no país dos casamentos arranjados

Le Point traz perfil de magnata indiano no país dos casamentos arranjados
 
Casal posa para fotografia durante casamento na Índia. Reprodução / Le Point

"No país dos casamentos arranjados", escreve a revista Le Point desta semana, “Murugavel JanaKiraman inventou Matrimony, um site que ajuda futuros esposos a se escolherem mutuamente".

A reportagem da enviada especial a Chennai, no leste da Índia, começa retratando o ambiente do empresário matrimonial indiano. “Num lado da mesa de trabalho, do lado da mini fonte kitsch, Murugavel Janakiraman come a refeição vegetariana que sua mulher preparou, como milhões de outros maridos indianos”, escreve a revista francesa.

"No muro com desenhos coloridos de sua filha, fotos de família", publica a reportagem. "Seus dois filhos, Arjun e Anisha, sua mãe, que vive sob seu teto, e Deepa, sua 'prometida', com quem ele casou durante um casamento arranjado, depois que ele a conheceu graças ao site matrimonial Matrimony.com, fundado por ele mesmo no ano 2000", explica Le Point.

"O portal online de crescimento fulgurante entrou em setembro com destaque na Bolsa de Valores do país", explica o periódico. "Bigode generoso e sorriso franco, Murugavel Janakiraman encarna o que vende: casamentos arranjados que se promovem pela Web, uma associação de valores conservadores e tradicionais com a pura tecnologia", pontua a revista.

"O autodidata de 46 anos criou um nicho no mercado  do casamento, o evento social sacrossanto por excelência para os cerca de 1 bilhão e 300 milhões de habitantes do subcontinente indiano. O site, que emprega 750 assalariados, ocupa o último andar na torre de sobrevoa a cidade de Chennai", completa Le Point.

Originalidade do serviço

"A originalidade do site Matrimony.com é propor lugares adaptados a todos os segmentos sociais. Na Índia, 95%  dos casamentos acontecem no centro de uma casta ou de uma comunidade", explica o periódico francês. "Num contexto de aplicativos de 'encontros de uma noite' como Tinder, ele acha que a Índia dos casamentos arranjados será eterna".

Debaixo do guarda-chuva do site, ele propõe mais de 300 plataformas matrimoniais que estudamos perfis dos candidatos e selecionam os parceiros potenciais", conta a revista. "Eles são acessíveis em 15 línguas, com sites destinados aos muçulmanos, aos cristãos, aos sikhs e às principais castas hindus, dos altos brahmanes ao intocáveis", detalha Le Point.

"Segundo um relatório do escritório KPMG, um indiano gasta em média um quinto de seus bens com o casamento de seus filhos", contextualiza a revista francesa.


Sobre o mesmo assunto

  • Cultura

    Mostra sobre casamentos forçados abre centro de fotojornalismo em Paris

    Saiba mais

  • França/divórcio

    Nova lei francesa permite se divorciar em um mês

    Saiba mais

  • ONU/Jornada

    ONU: 15 milhões de meninas são obrigadas a se casar por ano

    Saiba mais

  • Sociedade

    Por que as pessoas se casam cada vez mais tarde?

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.