Ouvir Baixar Podcast
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 18/12 08h30 GMT
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 17/12 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 17/12 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 17/12 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 17/12 08h57 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 17/12 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 17/12 08h30 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 15/12 08h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Mundo

ONU vota novo projeto de sanções contra a Coreia do Norte

media Conselho de segurança: membros permanentes, Rússia e China podem vetar as sanções. UN Photo/Loey Felipe

O Conselho de Segurança das Nações Unidas vota neste sábado (5) um projeto de resolução apresentado pelos Estados Unidos para endurecer as sanções contra a Coreia do Norte, informaram fontes diplomáticas à AFP.

 

A votação, que deve privar o regime de Pyongyang de 1 bilhão de dólares ao ano em exportações de carvão, minério de ferro, peixe e marisco, está prevista para às 16h de Brasília.

Os Estados Unidos têm negociado a nova proposta de sanções com a China - principal parceiro comercial e aliado da Coreia do Norte - desde que Pyongyang lançou, em 4 de julho, um míssil balístico intercontinental.

Considerável perda de divisas

Se forem aprovadas, as sanções privarão a Coreia do Norte de um terço do ingresso anual de suas divisas externas, que totalizam 3 bilhões de dólares, segundo um diplomata ligado às negociações.

O projeto também proíbe Pyongyang de enviar trabalhadores ao estrangeiro e qualquer nova associação de empresas e investidores nas atuais companhias binacionais.

Uma fonte diplomática disse que tem "grande confiança" de que China e Rússia apoiarão as sanções propostas.

Caso obtenha o sinal verde, esta nova série de sanções será a sétima imposta à Coreia do Norte desde 2006, quando realizou seu primeiro teste nuclear.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.