Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 27/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 27/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 27/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 26/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 26/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 26/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 26/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 26/06 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Mundo

Filho de Muamar Kadafi é libertado por milícia na Líbia

media Saif al-Islam Kadafi, filho do ex-líder líbio Muamar Kadafi, em cela do tribunal de Zentane em 25 de maio de 2014. REUTERS/Stringer/File Photo

Saif al-Islam, filho do líder líbio, Muamar Kadafi, foi liberado pela milícia que o detinha em Zentane, na Líbia, desde a insurreição contra seu pai, segundo informações de um de seus advogados.

Saif al-Islam foi liberado por meio de uma anistia aprovada pela sede do Parlamento, no leste do país. O filho de Muamar Kadafi deixou Zentane em direção a um destino não revelado por medidas de segurança, detalhou o advogado Khaled al Zaidi neste domingo (11).

Aos 44 anos, Saif al-Islam é o mais proeminente dos filhos do ex-líder líbio, morto em outubro de 2011, de quem era considerado sucessor. Condenado à morte em 2015 por crimes de guerra pela justiça líbia, ele também é procurado pelo Tribunal Penal Internacional.

Segundo especialistas, não é claro qual seria o papel de al-Islam atualmente na Líbia, um país entregue aos grupos armados, onde várias facções disputam o poder. No leste da Líbia, onde a presença do general Khalifa Hafter se torna cada vez mais forte, os caciques do antigo regime de Kadafi militavam por sua liberação.

"Decidimos liberar Saif al-Islam Kadafi, que agora é livre, e podemos confirmar que ele deixou Zentane no 14° dia do Ramadan (sexta-feira, 9, no mês sagrado da fé islâmica) ", declarou a milícia Aboubakar Sadik, responsável por sua detenção.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.