Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 21/10 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 21/10 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 21/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 20/10 15h00 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 19/10 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Mundo

Rússia encontra destroços do avião militar que caiu neste domingo

media Navios da marinha russa buscam destroços do avião que caiu neste domingo REUTERS/Maxim Shemetov

Vários destroços do avião russo Tu-154, que caiu no mar Negro com 92 pessoas a bordo neste domingo (25), foram encontrados nesta segunda-feira (26), de acordo com o Ministério Russo de Emergência.

Os 150 fragmentos foram localizados a 27 metros de profundidade, a cerca de mil milhas da costa, segundo Rimma Thernova, porta-voz da equipe de resgate em Sotchi.

O objetivo agora é localizar exatamente onde está cada fragmento da aeronave e o tamanho dele. Também já foram localizados onze corpos, de acordo com o Ministério da Defesa do país.

As operações de busca, que envolvem 32 navios, cinco helicópteros, um avião e drones. Além disso, 80 mergulhadores foram enviados à área de acidente e 100 serão enviados em breve.

O avião militar russo caiu dois minutos e quarenta e quatro segundos depois da decolagem da estação balneária de Sotchi. A aeronave ia para Síria, com 8 tripulantes, 8 militares, 2 servidores públicos federais, 1 médica, 9 jornalistas e 64 membros do coral Alexándrov, o famoso coral das forças armadas da Rússia.

As causas do acidente ainda não são conhecidas, mas os investigadores já afastaram a pista terrorista.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.