Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 24/03 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 24/03 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 24/03 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 24/03 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 24/03 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 24/03 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/03 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/03 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Mundo

Abbas é reeleito chefe do Fatah, principal movimento palestino

media Mahmoud Abbas foi reeleito presidente do Fatah, nesta terça-feira (29), na abertura do Congresso do mais importante movimento palestino, anunciou o porta-voz do organismo. Palestinian President Office (PPO)/Handout via REUTERS

Mahmoud Abbas foi reeleito presidente do Fatah, nesta terça-feira (29), na abertura do Congresso do mais importante movimento palestino, anunciou o porta-voz do organismo. Abbas, de 81 anos, foi reconduzido à frente do Fatah durante um voto de "consenso", explicou Mahmud Abu al-Hija, durante uma coletiva de imprensa.

 

O líder palestino também dirige a Autoridade Palestina e a Organização de Libertação da Palestina (OLP), entidade reconhecida internacionalmente como representante dos palestinos, desde a morte do líder histórico Yasser Arafat.

"O assunto foi proposto, houve uma votação consensual", disse o porta-voz algumas horas após o início dos trabalhos dos 1.400 membros do Congresso, reunido pela última vez em 2009.

O congresso, dizem os analistas, visa reorganizar suas fileiras com Abbas, cuja popularidade é contestada nas ruas - de acordo com uma pesquisa recente, dois terços dos palestinos querem sua renúncia - e até mesmo dentro de seu partido.

O seu mandato como chefe da Autoridade Palestina, que começou em janeiro de 2005, expirou em 2009, mas se mantém no cargo desde então em razão da falta de eleições por causa das profundas divisões entre o Fatah, que controla a Cisjordânia, e o Hamas, que governa a Faixa de Gaza.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.