Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 16/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 16/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 16/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 16/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 16/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 16/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 15/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 15/07 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Dejanirah Couto, historiadora e cientista política

Dejanirah Couto, historiadora e cientista política
 
A historiadora e cientista política Dejanirah Couto é especialista em Oriente Médio.

A crise diplomática provocada pela execução de um líder xiita na Arábia Saudita e o incêndio de representações diplomáticas sauditas no Irã reacendeu as tensões entre sunitas e xiitas na região. Riad rompeu as relações diplomáticas com Teerã e foi apoiado por outros países, como Barein e Sudão, que também cortaram seus laços com os sauditas. Para falar sobre o assunto, RFI Convida a historiadora e cientista política Dejanirah Couto, da Escola Prática de Altos Estudos de Paris. Para a professora, especialista em Oriente Médio, as tensões atuais podem ter consequências internacionais e econômicas, mesmo se a questão religiosa continua permeando a crise. “Se o conflito aumenta, sobretudo no Golfo Pérsico, vamos ter um sério problema com a chegada do petróleo na Europa, o que pode induzir a um aumento do preço do combustível, que está cada vez mais baixo”, alerta a pesquisadora.


Sobre o mesmo assunto

  • Crise / Arábia Saudita / Irã

    Confira as divergências na origem da rivalidade entre sunitas e xiitas

    Saiba mais

  • Crise / Arábia Saudita / Irã

    Diplomatas iranianos devem deixar Arábia Saudita em 48h

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.