Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 20/04 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 20/04 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 20/04 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/04 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/04 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/04 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/04 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/04 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Mundo

Ataques israelenses contra posições sírias deixam seis mortos

media Região de conflito entre Israel e Síria. REUTERS/Baz Ratner

Ao menos seis pessoas morreram nesta sexta-feira (21) em novos ataques aéreos israelenses contra a província síria de Quneitra, na parte não anexada da região de Golã. Israel confirmou que realizou ataques em represália a disparos de foguetes contra o norte de Israel e no território ocupado nas Colinas de Golã.

Nesta sexta-feira de manhã, "a aviação do inimigo israelense tomou como alvo um veículo civil na localidade de Al Kom, matando cinco civis desarmados", informou a emissora estatal síria.

O repórter do canal na província de Quneitra afirmou que a aeronave que bombardeou a região às 10H30 (4H30 de Brasília) era um "avião sem piloto". Em Jerusalém, uma fonte militar israelense declarou que o ataque visava membros "da Jihad Islâmica na Síria", organização acusada por Israel de ter lançado na quinta-feira, por ordem do Irã. foguetes contra Israel a partir da parte do Golã não ocupada.

"Membros do grupo responsável pelo lançamento de foguetes foram atacadas e neutralizados (mortos)", declarou a fonte, evocando um balanço de quatro ou cinco mortos.

Por sua vez, a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) confirmou o balanço de cinco vítimas, incluindo dois milicianos pró-regime que estavam a bordo de um veículo.

Ocupação ilegal

Além disso, na quinta-feira à noite, uma pessoa morreu e sete ficaram feridas em ataques aéreos israelenses na mesma região, segundo uma fonte militar síria. O OSDH forneceu um balanço de dois soldados mortos e oito feridos.

Israel bombardeou na quinta-feira à noite 14 posições do exército sírio na região de Golã em represália por disparos de foguetes. Israel ocupa desde 1967 cerca de 1.200 km2 das Colinas de Golã, que anexou em 1981, enquanto cerca de 510 km2 da região permanecem sob controle sírio. A anexação das Colinas de Golã por Israel é considerada ilegal pela comunidade internacional.

A província de Quneitra, localizada em grande parte do planalto de Golan, está nas mãos dos rebeldes sírios, embora alguns locais sejam controlados pelo regime de Damasco.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.