Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 22/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 22/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/07 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Mundo

Três britânicos são presos por observar aviões nos Emirados Árabes Unidos

media Conrad Clither e Gary Cooper estão entre os presos DR

Três britânicos apaixonados pela aeronáutica foram presos nos Emirados Árabes Unidos porque estavam observando os aviões de "muito perto", segundo as autoridades locais, que consideraram o ato uma ameça à segurança nacional. Os três homens foram detidos no dia 22 de fevereiro no aeroporto de Fujairah, a uma centena de quilômetros de Dubai, segundo o ministério das Relações Exteriores, sem dar mais detalhes sobre as acusações.

Segundo parentes dos presos, eles estavam de férias no país para praticar o seu hobby preferido: observar aviões (planespotting, em inglês). "Eles foram detidos por suspeita de tirar fotos e de anotar os números de matrícula das aeronaves", disse Adam Cooper, o filho de um deles, à BBC.

"Mas eles disseram que não estavam tirando fotos porque eles sabiam que isso poderia causar problemas. E agora estão dizendo que isso se tornou um problema de segurança nacional", completou. Ele afirmou ainda que já aconteceu uma audiência e que os três poderiam ser transferidos para Abu Dhabi.

Muito medo

"Eles estão com muito medo", disse a mulher de um deles, Valerie Clitheroe, à BBC. "Eu falei com ele pelo telefone, ele estava abalado, completamente abatido pelo que aconteceu." A observação dos aviões, verdadeira paixão que reúne vários adeptos no Reino Unido, é às vezes motivo de incompreensão em alguns países.

O "planespotting" é legal nos Emirados Árabes Unidos, mas "pouco compreedido e apreciado pelas autoridades", disse Radha Stirling, da Detained in Dubai, uma organização que ajuda os estrangeiros presos no país.

Em 2011, 12 britânicos e dois holandeses foram considerados culpados de espionagem na Grécia e presos durante 36 dias por ter tentado tirar fotos de aviões.
 

 
O tempo de conexão expirou.