Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 24/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 24/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 24/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/06 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 23/06 09h33 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Economia

Falta de avelãs pode provocar alta do preço da Nutella

media Os franceses são os maiores consumidores de Nutella do mundo AFP/Johanna Leguerre

As chuvas e tempestades na Turquia têm prejudicado a produção de avelãs utilizadas na fabricação de Nutella e outros tipos de doces, como Kinder e o bombom Ferrero Rocher. A queda de 70% na produção da matéria-prima também poderá provocar o aumento do preço dos três produtos

De acordo com o jornal francês Le Parisien, o preço da tonelada avelãs passou de US$ 6500 para US$ 10.500. Em março, as chuvas afetaram mais de dois terços da plantação na Turquia, principal produtor do alimento.

Por conta disso, apenas 540 mil toneladas estarão disponíveis no mercado. Normalmente, os fabricantes têm à disposição cerca de 800 mil toneladas em tempos normais, o equivalente a 260 mil toneladas a mais.

Um pote de Nutella contém cinquenta avelãs. Só a empresa Ferrero, que fabrica o produto, compra um quarto da produção mundial, segundo a Agência Italiana para o Comércio. Por enquanto, a marca prefere não comentar o caso. A notícia, entretanto, pode afetar os hábitos de milhões de consumidores na França, já que os franceses são os maiores consumidores de Nutella no mundo.

Esta não é a primeira vez que o fabricante enfrenta a escassez de ingredientes. Depois da Segunda Guerra Mundial, a receita original foi alterada, para compensar a falta de cacau em favas, matéria-prima que se tornou rara e cara.
 

 
O tempo de conexão expirou.