Ouvir Baixar Podcast
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 12/12 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 12/12 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 12/12 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 12/12 08h57 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 12/12 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 12/12 08h30 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 09/12 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 09/12 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Geral

Pela primeira vez na história, mais da metade da população mundial tem acesso à Internet

media Segundo a ONU mais da metade da população tem acesso a Internet REUTERS/Fernando Medina

Cerca de 3,9 bilhões de pessoas navegam pela rede mundial de computadores.  A estimativa foi apresentada nesta sexta-feira (7) pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) - agência da ONU que monitora o uso de tecnologias de comunicação no mundo.

Essa é a primeira vez que mais da metade da população mundial está conectada à Internet, englobando 51,2% dos seres humanos até o final de 2018. Para o secretário-geral da UIT, Houlin Zhou, o avanço no número de pessoas conectadas "é um passo importante rumo a uma sociedade de informação global mais inclusiva". Segundo ele, apesar do avanço, "muitas pessoas ao redor do mundo ainda estão esperando para colher os benefícios da economia digital", declarou, pedindo que a "revolução digital não deixe ninguém desconectado".

Segundo o estudo da UIT, os países mais ricos estão experimentando um crescimento lento e constante no uso da Internet, com 80,9% da população nesses países agora conectada, em comparação com 51,3% em 2005. Nos países em desenvolvimento, o avanço foi mais expressivo - 45,3% da população está atualmente conectada, em comparação com apenas 7,7% há 13 anos. A África é a região que mais cresce, com 24,4% da população conectada em comparação com 2,1% em 2005, de acordo com o relatório da ITU.

Rede móvel predomina

O estudo mostra ainda que o número de assinaturas de linhas fixas de telefone segue em queda em todo o mundo - 12,4% da população mundial - enquanto o número de assinaturas de celulares móveis  é agora maior do que a população mundial. 

Desde 2007, o número de assinaturas de banda larga móvel explodiu de quatro para 69,3 assinaturas por 100 habitantes. Atualmente, são 5,3 bilhões de assinaturas ativas de banda larga móvel em todo o mundo. Ainda segundo os dados da agência, quase toda a população mundial (96%) já vive dentro de uma cobertura de rede de telefonia móvel.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.