Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/07 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/07 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/07 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 22/07 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 22/07 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/07 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/07 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Geral

Obsessão de brasileiras pelos cabelos é oportunidade de negócios, diz Le Figaro

media Gisele Bündchen ilustra reportagem do Figaro sobre o cabelo das brasileiras. Reprodução

As brasileiras são obcecadas pela beleza de seus cabelos, considerados uma verdadeira arma de sedução. E cada vez mais francesas querem as mechas douradas de Gisele Bündchen. Com essas frases, o jornal Le Figaro começa um artigo dedicado aos cuidados das mulheres no Brasil com seus cabelos e o quanto essa preocupação é uma grande oportunidade para grandes empresas do setor de cosméticos e da beleza.

As grandes marcas do setor estão presentes no país, como a francesa L'Oréal que acaba de investir cerca de R$ 240 milhões na modernização de duas fábricas e na construção de um centro de pesquisa na ilha de Bom Jesus, no Rio de Janeiro.

O jornal informa que as brasileiras gostam de mechas longas, de até 40 centímetros, lisas ou onduladas e sempre brilhantes. Em um ano, informa Le Figaro, as brasileiras aplicam 18 tratamentos químicos, como tintura ou alisamento. Raios ultravioletas e tratamentos danificam o cabelo, mas ao invés de cortar, as mulheres preferem tratá-los com diversos produtos.

Cada vez mais francesas querem técnicas brasileiras

Esse comportamento é fonte de muitos rituais que estimulam as pesquisas e os negócios. As diversas origens étnicas da população fazem do Brasil um verdadeiro laboratório mundial, obrigando as empresas a encontrar soluções para todos os tipos de cabelo.

O jornal destaca que, na França, os cabeleireiros se inspiram cada vez mais nas tendências das mulheres da América do Sul, e as francesas buscam cada vez mais técnicas como a cauterização, para reforçar as fibras do cabelo.

O jornal termina o artigo convidando as francesas a dar uma "modelada", tendência em voga em Ipanema. A reportagem é ilustrada com a top model número 1 do Brasil, Gisele Bündchen, exibindo um sorriso charmoso e seus cabelos dourados, com mechas longas, e muito bem cuidados.
 

 
O tempo de conexão expirou.