Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 20/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 20/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 20/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 20/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/06 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Geral

Les Echos destaca importância crescente dos evangélicos no Brasil

media Capa dos jornais franceses Libération, Les Echos, Le Figaro e L'Humanité desta segunda-feira, 4 de agosto de 2014.

O jornal especializado em economia Les Echos publica nesta segunda-feira (4) um artigo sobre o novo templo da Igreja Universal do Reino de Deus inaugurado na última quinta-feira em São Paulo. O centenário da Primeira Guerra Mundial e a epidemia de ebola na África também são destaques na imprensa francesa.

Les Echos afirma que o Cristo Redentor, com seus 38 metros, ganhou um concorrente ainda mais alto. O Templo de Salomão tem 56 metros de altura, capacidade para 10 mil fieis, 1200 vagas de estacionamento... Enfim, números que "dão vertigem", segundo o jornal.

Les Echos diz que o cristianismo evangélico parece ter um belo futuro no Brasil, onde já foi abraçado por 22% da população. E a previsão é de que mais da metade das pessoas religiosas no país sejam evangélicas até 2050.

O diário econômico nota que o crescimento acelerado do número de fieis permitiu o enriquecimento de um grupo de líderes evangélicos, entre os quais se destaca Edir Macedo, fundado da Igreja Universal do Reino de Deus, que tem uma "reputação controversa". Les Echos lembra as acusações de fraude e desvio de dinheiro dos fieis que foram feitas contra ele.

"A presença de Dilma Rousseff na cerimônia de abertura simboliza a crescente importância social concedida a essas novas igrejas", aponta o jornal, lembrando que o voto evangélico é considerado decisivo para as eleições de outubro, e que a vantagem da presidente sobre Aécio Neves, seu principal rival, vem diminuindo.

Primeira Guerra Mundial

Libération publica nesta segunda-feira um caderno especial comemorando o centenário da Primeira Guerra Mundial com as notícias de 4 agosto de 1914. Os textos no tom moderno e progressista típicos do jornal contrastam com as fotos em preto e branco da época.

Em seu editorial, Libération explica que o objetivo é "compreender como a loucura das nações determinou o suicídio de um continente, o massacre de milhões de homens, a brutalização definitiva da vida social e política". O diário aponta o nacionalismo como motor da grande guerra e alerta os europeus contra esse mal que ainda assola o continente.

Epidemia na África

Le Figaro dedica sua manchete à epidemia de Ebola que atinge a Serra Leoa, Guiné Conakri e Libéria. Segundo o jornal conservador, essa emergência de saúde pública deve roubar a cena na cúpula entre Estados Unidos e a África, que começa hoje em Washington.

Em seu editorial, Le Figaro aponta que a reunião deveria se concentrar no potencial econômico e nos desafios democráticos do continente. Mais uma vez, no entanto, "o eldorado africano cede a precedência às feridas da África".

O diário alerta que toda a comunidade internacional deve se mobilizar contra a ameaça do vírus ébola. "A ciência explora pistas para vencer o vírus, mas os laboratórios farmacêuticos não têm um estímulo econômico. Cabe aos dirigentes políticos fazer disso uma prioridade de saúde e segurança", conclui Le Figaro.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.