Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/06 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Geral

Felipe VI se preparou vários anos para assumir a Coroa espanhola, diz imprensa

media O novo casal real espanhol: a rainha Letizia e o rei Felipe VI de Bourbon. REUTERS/Daniel Ochoa de Olza/Pool

Os jornais franceses destacam nesta quinta-feira (19) a subida ao trono de Felipe VI, que tem a missão de assegurar o futuro da monarquia na Espanha em plano século 21. O jornal Le Figaro diz que o novo casal real "aposta na modernidade".

O casal Felipe de Bourbon e Letizia Ortiz se prepara há uma década para reinar e representar uma monarquia espanhola renovada. Casados há 10 anos, o casal enfrentou obstáculos. Além de não ter sangue azul, Letizia era divorciada e ex-jornalista com gosto pelos holofotes.

Aos poucos, o casal real soube impor a sua marca, avalia Le Figaro. Felipe VI se dedicou a uma carreira militar e acadêmica enquanto Letizia ficou, de certa forma, encarregada de se manter mais próxima do cidadão comum. Ela faz questão que suas filhas tenham um círculo de amigos vasto, por exemplo. Esses detalhes podem parecer banais, mas são importantes já que o casal tem o desafio ambicioso de conservar a instituição monárquica na Espanha.

Desafios

O jornal La Croix também destaca os desafios de Felipe VI e tenta fazer um perfil do novo rei. Para o jornal, ele vai ter que consolidar a monarquia na Espanha. O primeiro passo foi se afastar dos escândalos familiares que surgiram nos últimos anos. A infanta Cristina, sua irmã, cujo marido está envolvido em um caso de suspeita de tráfico de influência e corrupção, é persona não-grata no palácio real.

Na avaliação do diário católico, isso revela que Felipe VI quer se manter longe das polêmicas, mas, ele mesmo, é um verdadeiro paradoxo, escreve La Croix. Embora seja conhecido dos espanhóis desde que nasceu, poucas pessoas realmente conhecem a personalidade do novo monarca. O que se sabe é que ele e seu pai, Juan Carlos, são totalmente diferentes.

Juan Carlos, diz o jornal, não é um intelectual como o filho. Ele é um autoditada que aprecia carros, touradas e caçadas. Já Felipe VI sempre preferiu os livros, tem um mestrado em Relações Internacionais pela Universidade Georgetown e sempre foi considerado como o príncipe herdeiro "mais preparado" da Europa.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.