Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/06 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Felipe VI é o novo rei de uma Espanha com sede de abertura

Felipe VI é o novo rei de uma Espanha com sede de abertura
 
O novo rei da Espanha Felipe VI durante a cerimônia de posse no Parlamento em 19 de junho de 2014. REUTERS/Paco Campos/Pool

A partir desta quinta-feira (19), Felipe VI é o novo rei da Espanha, recebendo a coroa de seu pai, Juan Carlos, que surpreendeu no início do mês ao anunciar que abdicaria do cargo. A mudança é vista como uma estratégia para a família real espanhola recuperar sua popularidade e acabou gerando uma onda de manifestações no país em prol de um regime republicano.

Luisa Belchior, correspondente da RFI Brasil em Madri

Felipe VI foi proclamado rei nesta manhã (19) no Parlamento, após ler um juramento ao cargo. Este foi o último trâmite oficial da transição da coroa de Juan Carlos I a seu filho. Na quarta-feira (18), o antigo rei assinou seu pedido de abdicar do trono, que havia sido aprovado por maioria no Parlamento espanhol. Então, a partir de hoje, Felipe VI começa oficialmente seu reinado. No início da tarde, ele receberá dois mil espanhóis de vários setores para comprimentá-los em cerimônia no Palácio Real.

Expectativas

O que já se diz é que o rei Felipe VI deve modernizar a monarquia em muitos aspectos e torná-la mais ativa e ligada a temas atuais. Mas, sobretudo, criar um diálogo maior com o Parlamento, um caminho aberto pelo seu pai. Juan Carlos I, vale lembrar, renunciou a seus poderes plenos para incentivar a formação de uma democracia constitucional no país após o fim da ditadura franquista. Felipe VI vai tentar dar um ar mais dinâmico também à coroa espanhola, já que agora ele é o rei mais jovem da Europa.

Reação popular

Por enquanto, o que essa transição provocou foi uma maré de manifestações por um referendo sobre a instauração de uma República na Espanha, o que na prática significaria o fim da monarquia. O país, desde o fim da ditadura de Francisco Franco, no fim da década de 1970, tem um regime de monarquia parlamentar. Os protestos acontecem nesta quinta-feira novamente em todo país e em cidades fora dele, como Paris e Berlim.

Papel de Juan Carlos I

Juan Carlos entregou a coroa e com ela todos os papeis de decisão, de apoio ao governo e de mensagens aos espanhóis que tinha. Mas também não se aposenta. Ele passará a ser capitão geral do Exército da Espanha, embora ficará na reserva.

Na sexta-feira (20), o governo tentará aprovar a lei que garantirá sua imunidade parlamentar; depois disso, ele deve tirar uns dias para descansar mas já prometeu à população de seu país que não voltará a caçar elefantes, como fez em uma viagem à Àfrica em 2012, gerando uma das maiores polêmicas de seu reinado.


Sobre o mesmo assunto

  • Espanha/monarquia

    Rei espanhol Juan Carlos deixa trono para filho Felipe

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.