Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 21/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 21/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 21/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 21/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Geral

2013 foi o sexto ano mais quente desde 1850

media Altas de temperaturas em 2013 foram equivalentes às registradas em 2007. Flickr/ Creative Commons

Temperatura global elevada, ondas de calor recordes na Austrália, nível do mar em elevação excepcional. O ano de 2013 foi o sexto mais quente no planeta desde 1850, de acordo com estatísticas da Organização Meteorológica Mundial (OMM), instituição da ONU, publicadas nesta quarta-feira (5).

A temperatura média na superfície de terras e oceanos superou em 0,5°C a média calculada no período 1961-1990, e foi 0,03°C superior à média da última década (2001-2010), segundo a OMM. Os índices são equivalentes aos verificados em 2007.

“A temperatura mundial para 2013 é congruente com a tendência de aquecimento a longo prazo”, disse o secretário-geral da OMM, Pichel Jarrad. “O ritmo do aquecimento não é uniforme, mas é indiscutível que se trata de uma tendência predominante. Dado o volume sem precedentes de gases do efeito estufa na atmosfera, as próximas gerações viverão em um mundo no qual as temperaturas mundiais continuarão aumentando", completou o meteorologista.

El Nino e La Niña

O século 21 tem 13 dos 14 anos mais quentes registrados. Os recordes ocorreram em 2010 e 2005 (+0,55°C), seguidos por 1998. Em todos estes anos, ocorreu o fenômeno meteorológico El Niño.

Os fenômenos de aquecimento El Niño e de resfriamento La Niña são determinantes para a variação natural do clima. O ano de 2013 foi um dos quatro anos mais quentes sem a produção de algum destes dois eventos.

Desde 1850 são realizadas sistematicamente observações meteorológicas, coletadas pela OMM. Na última cúpula dos especialistas do Giec (Grupo Intergovernamental de Especialistas sobre o Clima), os climatologistas alertaram que a temperatura da Terra já se elevou 0,8°C desde a época pré-industrial, um aquecimento provocado pelas atividades humanas, segundo os pesquisadores.

Compromissos internacionais

Se os níveis de emissões de gases de efeito estufa previstos para os próximos anos se confirmarem, os termômetros devem registrar uma alta de mais 0,3°C a 0,8°C até 2100. Os 195 países da ONU se comprometeram a limitar em 2°C o aumento da temperatura do planeta neste período, em relação aos dados pré-industriais.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.