Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/11 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/11 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/11 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/11 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/11 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.

Americanos aprovam reação de Obama à catástrofe causada por Sandy

Americanos aprovam reação de Obama à catástrofe causada por Sandy
 
O presidente dos Estado Unidos, Barack Obama, abraça uma moradora de Nova Jersey durante sua visita ao estado ameriacano para ver os estragos causados pelo furacão Sandy. REUTERS/Larry Downing

O presidente Barack Obama já começou a agir antes da chegada do furacão Sandy, quando alertou a população e pediu que seguissem as medidas de precaução das autoridades locais.

O nosso enviado especial aos Estados Unidos, Silvano Mendes, explica que, a partir de agora, o lema do chefe da Casa Branca é rapidez e o fato de visitar New Jersey logo após a passagem do furacão, é a prova disto. Obama quer evitar gafes como as cometidas pelo ex-presidente George W. Bush durante a passagem do Katrina, em 2005. Na época, o então presidente Bush minimizou a catástrofe e esperou quatro dias para ir até Nova Orleans. Um erro que suscita críticas contra Bush até hoje.

A cinco dias das eleiçõs presidenciais, com 23% de eleitores indecisos, Obama fará de tudo para convencer os americanos de que é o homem ideal para continuar dirigindo o país.

 

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.