Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/08 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 18/08 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 18/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/08 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 17/08 09h33 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Geral

Candidato da extrema esquerda reúne militantes em grande passeata em Paris

media Jean-Luc Mélenchon, candidato da Frente de Esquerda. REUTERS/Gonzalo Fuentes

Com aproximadamente 10% das internções de voto, o candidato da extrema-esquerda à eleição presidencial da França, Jean-Luc Mélenchon, convocou seus militantes para uma “marcha do povo” em Paris. O local escolhido, a simbólica Praça da Bastilha.

Os organizadores da passeata liderada pelo Front de Gauche, frente partidária que reúne comunistas e rerpesentantes de diversas correntes de esquerda, projetam uma participação de 30 mil pessoas apesar da chuva fina que cai na capital francesa. Cerca de 200 ônibus e uma dezena de trens trouxeram manifestantes de diversas regiões da França.

À frente da passeata, estão os operários de empresas que enfrentam dificuladades financeiras e anunciaram demissões Fralib, ArcelorMittal e Petroplus eque compareceram usando uniformes e aos gritos de “Fora, Sarkozy”. « É o povo que está nas ruas. Dizemos a eles : ‘Assumam o poder’ », declarou Pierre Laurent, secretário nacional do Partido Comunista francês.

Impulsionado pelas sondagens, Mélenchon pretende ultrapassar o candidato centrista François Bayrou que aparece com 13% na quarta colocação nas intenções de voto. “10% foi uma meta. Se ultrapassarmos François Bayrou (do MoDem), essa será uma outra meta, mas não temos a intenção de paramos aí”, declarou o diretor da campanha de Mélenchon, François Delapierre.

O discurso de Mélenchon está previsto para as 17 horas em Paris (13 horas em Brasília) e ele deve insistir nos sues principais temas de campanha: a luta contra a globalização, o aumento da carga tributárias para os mais ricos, assuntos bastante populares entre os eleitores mais à esquerda. Para Mélenchon e seus simpatizantes, o candidato socialista, François Hollande, é excessivamente cometido e não representa as aspirações desse eleitorado.

Saiba mais sobre a eleição francesa:

 Conheça os candidatos: http://www.brasil.rfi.fr/geral/20120126-conheca-os-candidatos-ao-palacio-do-eliseu

Série de programas e articles (Dossier): http://www.brasil.rfi.fr/geral/20120111-eleicoes-francesas-2012-rumo-ao-eliseu

Facebook: http://www.facebook.com/RFIBrasil

Twitter: https://twitter.com/#!/rfi_brasil

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.