Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/04 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/04 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 23/04 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/04 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/04 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/04 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/04 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 22/04 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • Grupo Estado Islâmico reivindica ataques no Sri Lanka sem fornecer evidências

Saída do Canadá do Protocolo de Kyoto não surpreende especialista

Saída do Canadá do Protocolo de Kyoto não surpreende especialista
 
O primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, crítico do Protocolo de Kyoto. REUTERS

O Canadá foi o primeiro país a anunciar sua retirada do protocolo de Kyoto, na segunda-feira, 12 de outubro. Desde que chegou ao poder no país em 2006, o governo conservador de Stephen Harper tem rejeitado suas obrigações perante o documento. Mas por que o Canadá, um país conhecido por seu engajamento ecológico, é exatamente o primeiro a abandonar o Protocolo de Kyoto? O aumento das emissões canadenses está relacionado à extração de petróleo derivado de areias betuminosas na província de Alberta, cuja produção está entre as mais nocivas para o meio ambiente. Especialistas acreditam que as reservas de petróleo acessíveis em Alberta poderiam chegar à quantidade colossal de 174,5 bilhões de barris - um volume maior do que a soma das reservas do Irã e da Líbia. Por isso, o país se arriscava a pagar multas bilionárias por não cumprir as metas estabelecidas no documento. Eduardo Viola, especialista em política internacional da mudança climática e professor de Relações Internacionais na Universidade de Brasília, afirma que a retirada do Canadá não é nenhuma surpresa. Viola acredita que ainda que o Canadá abandonasse o Protocolo de Kyoto, nada mudaria, porque o tratado não tem força para punir os que não o cumprem.


Sobre o mesmo assunto

  • Mudanças Climáticas

    China lamenta retirada do Canadá do Protocolo de Kyoto

    Saiba mais

  • Meio Ambiente

    Conferência da ONU vai salvar o protocolo de Kyoto ?

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.