Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 14/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 14/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 14/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 14/10 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 14/10 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 14/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 13/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 13/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Geral

Violência é tema de destaque nas eleições regionais

media Eleições Regionais Francesas Reuters

O segundo turno das eleições regionais aqui na França, que acontece neste domingo, é a principal noticia dos jornais franceses nesta sexta-feira.  

 

O Libération, de esquerda, acusa a UMP, o partido do governo, de usar a morte de um policial para levantar a questão da violência e da insegurança, com o objetivo de conquistar os eleitores da extrema-direita e os abstencionistas. A reportagem indica que a violência aumentou em 14 por cento durante o governo de Nicolas Sarkozy.
"Final de campanha sob pressão", diz a manchete do católico La Croix. O jornal afirma que o partido do governo terá muita dificuldade em reverter a tendência do primeiro turno, que colocou a esquerda à frente em quase todas as regiões, e lembra a Alsácia é a única região onde a direita tem chances de ganhar.

O jornal comunista L'Humanité destaca a união dos principais partidos de esquerda.
Para o diário especializado em economia Les Echos, o segundo turno das eleições regionais será determinante para a continuaçao das reformas prometidas pelo presidente Sarkozy, como a da aposentadoria.

Le Figaro, de direita, afirma que dentro da UMP, o partido governista, já começou o debate sobre as possíveis mudanças na equipe de governo após o segundo turno das eleições. O jornal dedica sua manchete principal ao caso do policial assassinado na última terça-feira pela organização terrorista basca ETA, destacando a promessa do presidente Sarkozy de reforçar a pena para o assassinato de representantes das forças da ordem.
Le Figaro também publica uma reportagem sobre a condenação da Air France a pagar 1 milhão de euros à família de uma das vítimas do acidente com o Airbus A 330 que caiu no oceano Atlântico no dia 31 de maio do ano passado. A decisão foi anunciada pelo tribunal do Rio de Janeiro na semana passada. O jornal descreve as regras em vigor na França e em outros países para indenizar as famílias de vítimas de acidentes aéreos.
 

 
O tempo de conexão expirou.