Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/09 15h27 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/09 15h27 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/09 09h57 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

França: sem neve, única pista de esqui aberta no verão fecha pela primeira vez

media A estação Les Deux Alpes teve que fechar sua pista de esqui por falta de neve (Foto: Office de Tourisme Les 2 Alpes/Monica Dalmasso)

A pista da geleira Deux Alpes, na região francesa de Isère, situada a 3.600 metros de altitude, está fechada desde o dia 7 de agosto, o que nunca aconteceu antes.

As altas temperaturas registradas no verão europeu derreteram a neve nas montanhas, de acordo com o diretor da pista de Deux Alpes, Thierry Hugues.

Segundo ele, esta é a primeira vez que a estação deverá ser fechada no verão. “Tínhamos dois metros de neve sob a geleira, o que corresponde à média dos últimos dez anos”, explicou à rádio France Bleu Isère. “Mas os picos de calor de junho e julho aceleraram o derretimento da neve em comparação aos outros anos”, explicou.

“Isso nunca aconteceu em agosto”, declarou. A estação de Deux Alpes ficará aberta apenas 55 dias neste verão, em vez de 80, como de costume. De acordo com Hugues, será cada vez mais difícil esquiar no mês de agosto no local nos próximos anos.

Recorde de calor

Em 25 de julho, a França registrou temperaturas ao redor do país que ultrapassaram os 40° C em várias regiões. Vinte departamentos de um total de 96 registraram alerta vermelho. Em Paris, certos bairros se aproximaram dos 43° C. O recorde parisiense datava de 28 de julho de 1947, quando a capital chegou aos 40,4°C. Em menos de dois meses, a França registrou dois episódios de calor extremo.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.