Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/09 15h27 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 18/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 18/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/09 15h27 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/09 09h57 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Morre bebê esquecido por pais dentro do carro na França

media Mais um caso de bebê esquecido dentro do carro na França. pixabay

A criança de um ano de idade chegou a ser levada para a emergência do hospital, depois de ter sido esquecida por seus pais dentro do carro da família. Apesar dos cuidados médicos, o bebê acabou morrendo na noite dessa terça-feira (9). O anúncio da morte foi feito nesta quarta-feira (10) pelo promotor de Justiça de Orléans.

O caso aconteceu perto de Pithiviers, no departamento do Loiret, região central da França. O bebê foi deixado dentro do veículo quando a temperatura externa era superior a 30°C. Ele foi esquecido por mais de duas horas, ao meio-dia de domingo (7) pelos pais, em frente à casa da família, em Gaubertin.

O casal retornava para casa depois de fazer compras, quando deixou a criança no carro. Foram os avós que descobriram o bebê ao chegarem na residência. A criança deu entrada no hospital de Orléans sofrendo de desidratação grave e não resistiu.

Uma autópsia do corpo da criança será feita nessa sexta-feira (12) em Tours, a pedido do promotor Nicolas Bessone. "Desta autópsia dependerá o andamento do caso", disse Bessone.

Os pais foram colocados sob custódia e depois liberados para que fossem ver o bebê no leito hospitalar. Segundo a promotoria, são pessoas "inseridas na comunidade, que não são conhecidas pelos serviços de assistência social".

Uma investigação foi aberta para apurar o crime de "lesões não intencionais".

Não é o primeiro caso desse tipo na França

Este não é o primeiro incidente deste tipo desde o início do verão na França. No dia 25 de junho, uma criança de seis meses foi tirada pela polícia de um carro estacionado diante de um supermercado, em Soissons, no norte do país. O menino foi levado para o hospital para fazer exames, mas o seu estado de saúde não inspirava cuidados, segundo os bombeiros.

Em junho de 2015, um bebê foi encontrado morto em um carro em Dieppe, no departamento de Sena Marítimo, na Normandia, região norte da França, depois de ter sido esquecido no carro por seu pai, que contou estar muito estressado pelo trabalho.

O pequeno Gaël, de apenas 6 meses, permaneceu por quatro horas dentro do veículo em pleno sol. O menino foi achado morto desidratado, por volta das 18 horas, pelos bombeiros.

O pai era um engenheiro, de 35 anos. Ele havia conduzido sua esposa para o trabalho, no início da tarde, para depois levar o filho à creche, nas proximidades. Porém, como o bebê dormia, ele resolveu voltar para a casa. Preocupado com o seu trabalho, o pai acabou esquecendo a criança no veículo, em pleno sol. No fim da tarde, alertado pela esposa do horário, o pai dirigiu-se até a creche, onde foi informado de que a criança não havia sido vista naquela tarde. Só então, em pânico, ele voltou para o carro e encontrou o bebê na parte de trás, já sem vida.

Atenção ao calor

Autoridades francesas alertam que mesmo que a temperatura exterior possa ser considerada amena, em torno de 15 a 20°C, ela pode subir até 45°C em menos de meia hora, dentro do carro.

Já se a temperatura exterior estiver particularmente alta, aumentará ainda mais e rapidamente dentro do veículo. Com uma temperatura exterior de 26°C, dez minutos são suficientes para causar a morte de uma criança no carro, alertou o Ministério do Interior em uma página dedicada à crianças deixadas em veículos durante os dias de calor.

 

 

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.