Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 25/03 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 25/03 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 25/03 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 24/03 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 24/03 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 24/03 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 24/03 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 24/03 09h33 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • Na Itália, Cesare Battisti reconhece responsabilidade por quatro homicídios
França

Prefeita socialista de Paris adota transporte gratuito para crianças parisienses

media Transporte público para crianças da região parisiense vai ser gratuito. Tim Macpherson/Getty Images

A partir de 1° de setembro, as crianças de 4 a 11 anos terão um passe gratuito para os transportes na região parisiense. Foi o que anunciou a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, na edição desta quinta-feira (10), do jornal Libération. Os estudantes também poderão ser beneficiados.

A prefeita, que entra no último ano de seu mandato, decidiu adotar as recomendações de um estudo coordenado pelo vice-prefeito Emmanuel Grégoire e pelos responsáveis municipais dos Transportes e do Urbanismo.

O Pass Navigo, que é o passe único para todos os transportes da região, passa a ser gratuito para todos os parisienses com menos de 20 anos com deficiência, para crianças da região parisiense entre 4 e 11 anos, e terá desconto de 50% para estudantes. Essas são algumas das medidas que serão válidas a partir de 1° de setembro.

Passe universal gratuito não é solução

“O objetivo é reduzir o espaço para o carro individual”, diz o documento, mas as conclusões levam a crer que “um passe totalmente gratuito não é uma solução eficaz”.

A aplicação das cerca de 400 medidas vai custar cerca de €5 milhões em 2019, e €15 milhões em um ano inteiro, estima a equipe da prefeitura. Para financiar o projeto, a administração de Paris pretende redistribuir o orçamento e, a partir de 2020, usar uma parte da verba gerada por painéis publicitários.

A prefeita de Paris estima que “o relatório constrói um caminho racional e responsável para que os transportes públicos sejam acessíveis a todos”. Segundo sua equipe, Hidalgo está convencida de que as medidas vão apoiar a transição ecológica e aumentar o poder aquisitivo das famílias parisienses.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.