Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 20/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 20/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 20/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 20/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/06 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Feministas convocam manifestação em Paris contra agressões sexistas

media Coletivo afro-feminista no bairro parisiense de Belleville facebook mwasi

Os desfiles convocados pelo coletivo #Noustoutes deste sábado (24) pedem o fim da impunidade dos agressores e recursos financeiros para lutar contra a violência feita contra as mulheres.

Os protestos devem acontecer em cerca de 50 cidades na França. Em Paris, o cortejo sairá da praça da Ópera, região central da capital, às 14h, em direção à praça da República, para pedir “medidas mais ambiciosas e meios financeiros suficientes para que a luta contra as violências esteja no topo das prioridades”.

Seis semanas depois da mobilização de cerca de mil mulheres que se reuniram em Paris, o desejo das feministas, diz o coletivo, “é passar do testemunho à ação”. As passeatas acontecerão na véspera da Jornada Internacional para a eliminação das violências feitas contra as mulheres.

Militantes feministas, preocupadas com os possíveis bloqueios provocados pelos “coletes amarelos”, que protestam contra o aumento dos combustíveis, pediram que o acesso aos locais previstos para as manifestações sejam garantidos.

219.000 vítimas em 2017

O movimento feminista francês #Noustoutes tem o apoio de diversas associações de luta contra as violências sexuais e sexistas. Em 2017, 219 mil mulheres se declararam vítimas de agressões físicas ou sexuais cometidas pelo próprio parceiro na França, segundo dados publicados pela Missão Interministerial para a proteção das mulheres contra a violência.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.