Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 22/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 22/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

França: Macron cria polêmica ao tirar foto com jovem que faz gesto obsceno

media Self feito com o presidente Emmanuel Macron e um jovem durante visita do presidente francês às Antilhas gera polêmica. Eliot BLONDET / AFP / POOL

Uma foto do presidente francês, Emmanuel Macron, posando com um jovem que faz um gesto obsceno durante uma visita à ilha francesa de Saint-Martin, no Caribe, gerou indignação da oposição da França. A imagem viralizou nas redes sociais.

  

A imagem em que Macron aparece sorridente ao lado de dois jovens, um deles pouco depois de sair da prisão e outro que faz um gesto com o dedo médio, revoltou a líder da extrema direita, Marine Le Pen. "Nem sequer encontramos palavras para expressar nossa indignação. Francamente, a França não merece isso. É imperdoável", escreveu no Twitter a presidente do partido Reunião (ex-Frente Nacional).

Macron respondeu à ex-candidata às eleições presidenciais francesas durante uma coletiva de imprensa em Saint-Martin, neste domingo. “É por isso que lutei para vencer Marine Le Pen nas eleições, porque amo cada filho da República, independentemente das besteiras que tenha feito. Ele não escolheu o lugar que nasceu”, declarou.

Outros membros da oposição criticaram a imagem. "O presidente da República em uma foto com um jovem que faz um gesto obsceno com o dedo. RIP (sigla em inglês Rest in Peace, que significa “Descanse em Paz” em português) a dignidade da função presidencial", tuitou Jean-Jacques Giannesini um representante do principal partido de oposição de Macron, Os Republicanos (LR).

“Não se tira nada dos discursos de ódio”

O presidente francês tentou minimizar a polêmica e contou à imprensa no domingo que, depois da foto, os dois o apresentaram a uma jovem com deficiência que queria cumprimentá-lo. Também afirmou que seu objetivo é ajudar a juventude e que "não se tira nada dos discursos de ódio".

O presidente Macron, em um momento de queda da popularidade nas pesquisas, protagonizou outra polêmica no mês passado quando disse a um jovem jardineiro desempregado "se atravessar a rua, consigo te arranjar um emprego". Em junho, um vídeo em que o presidente repreende um adolescente por chamá-lo de "Manu" e pede respeito também viralizou nas redes sociais. Muitos, comparando sua reação, criticaram nesta segunda-feira a diferença de comportamento de Macron.

Em junho, o presidente já havia criado polêmica posando ao lado da primeira-dama, Brigitte Macron, de um grupo de artistas que participaram da Festa da Música. A foto foi publicada no Instagram e elogiada por apoiadores do presidente, que viram na imagem uma resposta aos "racistas e homofóbicos".

Macron visitou Saint-Martin no primeiro aniversário da passagem do furacão Irma. Um ano depois, apenas um terço das estruturas danificadas foram reconstruídas.

 

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.