Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 20/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 20/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 20/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/08 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Quadro de Van Gogh é vendido por mais de € 7 milhões em Paris

media A pintura "Raccommodeuses de filets dans les dunes", de 1882, manuseada nesta imagem pela casa de leilões Artcurial, em Paris, em 28 de março de 2018. REUTERS/Gonzalo Fuentes

Uma pintura de Van Gogh, do início de sua carreira, foi leiloada por mais de € 7 milhões em Paris, a primeira venda deste porte em mais de 20 anos, informou nesta segunda-feira (4) a casa de leilões Artcurial.

A tela "Raccommodeuses de filets dans les dunes" (1882) foi vendida a 7.065 milhões de euros para um colecionador norte-americano, apesar de ser inicialmente estimada entre € 3 e 5 milhões. O colecionador "ganhou depois de uma batalha feroz", disse a casa de leilões parisiense Artcurial.

A casa já havia descrito a venda como "evento" com "cada vez menos obras de Van Gogh em circulação" onde "não existem mais do que dois ou três leilões por ano no mundo." Segundo Artcurial, a venda seria um "recorde mundial para uma paisagem de Van Gogh do período holandês". O trabalho foi pintado no início da carreira de Van Gogh, quando ele tinha 29 anos de idade.

Marco da obra de Van Gogh

"Realizado em agosto de 1882, a pintura traz consigo todas as premissas da revolução pictórica do autor da noite estrelada", explica Artcurial. "Nós já encontramos todas as características da pintura de Vincent, incluindo o tratamento de paisagens, deixando um lugar central para a terra, e céus bastante trabalhados. Esta paisagem é o marco mais notável na carreira do artista", afirmou Bruno Jaubert, diretor associado do departamento de arte moderna da Artcurial.

"Esta é a única paisagem de Vincent pintada neste momento, um exemplo da influência da escola de Barbizon e da escola de Haia", disse o especialista.
A tela foi pintada no campo, perto de Haia, disse Jaubert. O antigo proprietário, um colecionador europeu, emprestou o trabalho por oito anos [até 2015] ao Museu Van Gogh, em Amsterdã.

Os museus de Montreal e Haia apresentaram-no sucessivamente entre 1960 e 2010. Antes da venda, a pintura foi exposta no Artcurial, em Paris, até 9 de abril. Outras exposições são então agendadas em Bruxelas e Nova York. O último leilão de um Van Gogh em Paris remonta a meados dos anos 90: "The Garden at Auvers" chegou a US$ 10 milhões.

 
O tempo de conexão expirou.