Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/04 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/04 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 21/04 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 21/04 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 21/04 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 21/04 09h30 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 20/04 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 20/04 09h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Cineastas do mundo todo aguardam anúncio dos candidatos à Palma de Ouro de Cannes

media O tapete vermelho de Cannes e os fotógrafos. REUTERS/Regis Duvignau

A dois dias do anúncio da seleção oficial para a Palma de Ouro do Festival de Cannes, os rumores são intensos sobre quem são os cineastas que vão subir as famosas escadarias do festival de cinema de maior prestígio do mundo.

Na próxima quinta-feira (12) o presidente do festival, Thierry Frémaux, vai anunciar a lista de candidatos que vão disputar o prêmio. Por enquanto, apenas um filme é certeza, “Todos lo saben”, dirigido pelo iraniano Asghar Farhadi, com Penélope Cruz, Javier Bardem e Ricardo Darín no elenco.

Grande Prêmio do Júri em 2013 por “O Passado”, o iraniano rodou “Todos lo saben”, seu oitavo longa-metragem, em espanhol. Farhadi concorreu também no ano passado à Palma com “O Cliente”, que depois levou o Oscar de melhor filme estrangeiro.

Pouco espaço para novatos

Este pode ser o ano de Farhadi em Cannes, mas a competição promete ser árdua. Cineastas e produtores adiam lançamentos por causa de Cannes ou aceleram as finalizações para tentar todas as fichas no festival francês. A programação recebe críticas recorrentes por dar prioridade a nomes já consagrados, com poucas exceções, e 2018 não deve ser diferente.

Os franceses, como sempre, estão em grande número, começando por Jacques Audiard, que já arrebatou a Palma com “Dheepan” e o Grande Prêmio (uma espécie de segundo lugar) por “O Profeta”. Seu novo longa, o faroeste em inglês “Les Frères Sisters”, traz no elenco Joaquin Phoenix, John C. Reilly e Jake Gyllenhaal.

Entre as mulheres, Claire Denis também pode entrar na competição com “High Life”, também em inglês, uma ficção científica com Robert Pattinson, Patricia Arquette e Juliette Binoche.

Outros nomes importantes do cinema francês podem entrar na corrida, como Olivier Assayas, Valeria Bruni-Tedeschi, Christophe Honoré e Stéphane Brizé.

De todos os cantos do mundo

Entre os internacionais, a oferta também é farta. Começando pelo prodígio canadense Xavier Dolan, que aos 29 anos já ganhou o Grand Prix por “Até o Fim do Mundo” e o prêmio do júri por “Mommy”. Mas ao todo, incluindo outras sessões paralelas em Cannes, Dolan já apresentou cinco de seus longas. Ele volta com “My life with John F. Donovan”, com estrelas como Natalie Portman e Susan Sarandon. Tantas celebridades que Dolan pôde se dar ao luxo de contar Jessica Chastain na mesa de edição.

Outros frequentadores assíduos ou mais que famosos que podem bater ponto este ano: Lars von Trier, Paolo Sorrentino, Nuri Bilge Ceylan, Jia Zhangke, Naomi Kawase, Yorgos Lanthimos, Mike Leigh, Terrence Malick, Terry Gilliam, Carlos Reygadas, Hirokazu Kore-eda, Julian Schnabel e Brian de Palma.

Do Brasil, o rumor mais forte fica por conta de Cacá Diegues, que deve estar torcendo por “O Grande Circo Místico”, adaptação de um poema de Jorge de Lima. O filme foi rodado em Portugal e estava previsto para encerrar o festival Cinélatino de Toulouse, na França, mas foi cancelado na última hora, sem explicações da organização. Ou não estava pronto, ou o objetivo é estrear em Cannes.

Outro filme já garantiu exibição no festival, mas fora de competição, um “spin-off” da saga de Guerra nas Estrelas, destacando a trajetória de Han Solo, que vai ser vivido em sua versão jovem por Alden Ehrenreich. A direção é do hollywoodiano Ron Howard.

O júri da Palma de Ouro vai ser presidido pela atriz australiana Cate Blanchett. O Festival Internacional de Cinema de Cannes acontece de 8 a 19 de maio.

 

 

 

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.