Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 18/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/08 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 18/08 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 18/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/08 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

França prende homem que queria atacar bares gays e clubes de swing

media Polícia inspeciona ponto de ônibus atingido por desequilibrado em Marselha, no dia 21 de agosto.. REUTERS/Philippe Laurenson

A polícia francesa informou neste sábado que indiciou por terrorismo um homem de 22 anos, detido na última terça-feira (22), depois dele confessar que tinha planos de cometer "um ato violento" contra casas noturnas. Até então desconhecido da justiça, o morador de Saint-Denis, na região parisiense, se radicalizou e estava à procura de uma arma para cometer um ataque.

Os investigadores que colheram o depoimento do suspeito disseram que ele utilizou expressões e manifestou uma atitude pró-jihadismo. Além de casas noturnas, ele pretendia atacar bares e cafés frequentados por homossexuais ou por casais que apreciam a libertinagem.

O projeto "intelectual", segundo explicaram os policiais, não tinha ainda alvos definidos. O homem permanecerá preso. A polícia segue investigando se ele estava em contato com membros do movimento ultrarradical islâmico.

Homem fere três pessoas com faca em Marselha

Um homem de 35 anos, supostamente portador de problemas mentais, feriu com uma faca três homens com quem cruzou na rua neste sábado (26), no centro de Marselha (sul). Na segunda-feira passada (21), um desequilibrado já havia matado uma mulher e deixado uma pedestre ferida na cidade, depois de lançar seu carro contra dois pontos de ônibus.

A polícia de Marselha informou que o "homem, em um estado de excitação importante, não proferiu nenhum comentário de caráter islamita e foi hospitalizado".

Os ataques de desequilibrados que imitam o modus operandi dos atentados jihadistas que deixaram 17 mortos na Catalunha e na Finlândia, há dez dias, aumentam o estresse dos serviços de polícia e dos cidadãos europeus.

Ontem à noite, ocorreram dois ataques com faca na Bélgica e no Reino Unido: em Bruxelas, um homem agrediu soldados e foi abatido, em um ato terrorista segundo a procuradoria; e em Londres, um homem armado com espada foi detido depois de ferir policiais e gritar "Alá é grande" diante do Palácio de Buckingham.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.