Ouvir Baixar Podcast
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 16/12 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 16/12 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 16/12 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 16/12 08h57 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 16/12 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 16/12 08h30 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 15/12 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 15/12 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Prefeitura desmantela novo acampamento de migrantes em Paris

media Polícia francesa desmantela acampamento com 2,5 mil migrantes perto de La Chapelle, no norte de Paris, nesta sexta-feira, 7 de julho de 2017. REUTERS/Pascal Rossignol

Um acampamento de mais de 2 mil migrantes, no norte da capital francesa, foi esvaziado na manhã desta sexta-feira (7) pelas autoridades policiais. Cerca de 60 ônibus levaram os migrantes a centros de acolhimento da região parisiense.

Segundo a prefeitura, os migrantes receberão uma proposta de permanência temporária. Nos últimos anos, 34 acampamentos, onde se concentram frequentemente migrantes em condições extremamente precárias, foram esvaziados em Paris. A operação acontece a poucos dias do anúncio do governo de um plano para os refugiados.

A evacuação para os acampamentos provisórios, criados nas proximidades de um centro humanitário para refugiados em Paris, que está saturado, começou durante a madrugada desta sexta-feira (7) na zona norte da capital francesa.

O comando da polícia e a prefeitura de Paris informaram em comunicado oficial que os migrantes receberão uma proposta de alojamento provisório. A nota afirma que os acampamentos clandestinos representam "riscos importantes para a segurança e a saúde dos ocupantes e dos vizinhos".

Acampamentos improvisados

O secretário-geral da prefeitura de Ilê-de-France (região parisiense), François Ravier, afirmou que a retirada afetou "pelo menos 2,5 mil pessoas", que serão levadas principalmente para ginásios, onde trabalham mais de 100 voluntários. Esta é a 34ª operação de retirada de migrantes em Paris nos últimos dois anos.

Os acampamentos improvisados, onde as condições de vida são deploráveis, não param de ser criados nos arredores de um centro humanitário inaugurado em novembro de 2016 na zona norte da capital. Dentro de alguns dias, o ministério do Interior deve apresentar uma série de propostas destinadas ao asilo e à luta contra a imigração clandestina.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.