Ouvir Baixar Podcast
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 18/06 09h30 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 22/06 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 18/06 09h33 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 22/06 09h36 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/06 09h57 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/06 15h00 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/06 15h06 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/06 15h27 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Governo de Macron respeita diversidade política e paridade entre homens e mulheres

media Os centristas Marielle de Sarnez e François Bayrou fazem parte da primeira equipe de governo de Emmanuel Macron Fotomontagem: RFI Pierre Rene-Worms/ Reuters REUTERS/Benoit Tess

O novo presidente da França, Emmanuel Macron, e seu primeiro-ministro, Édouard Philippe, revelaram nesta quarta-feira (17) uma equipe de governo formada por representantes de diferentes partidos, incluindo socialistas, centristas e conservadores. A paridade entre homens e mulheres, uma das promessas de campanha do chefe de Estado, também foi respeitada.

O novo presidente, que fez campanha sobre o tema da renovação política, escolheu uma equipe com 18 ministros. Na lista estão sete socialistas, três centristas e dois conservadores. 

Ex-ministro socialista da Defesa de François Hollande, Jean-Yves Le Drian ocupará a pasta das Relações Exteriores, enquanto Bruno Le Maire, do partido de direita Os Republicanos, será o titular do ministério da Economia. Nicolas Hulot, ex-apresentador de televisão e figura respeitada por sua defesa do meio ambiente, comandará o ministério dos Transportes e da Ecologia. Já a eurodeputada centrista Sylvie Goulard, relativamente desconhecida na França, foi nomeada ministra da Defesa.

Macron também cumpriu a promessa de integrar em seu governo personalidades vindas da socidade civil. Fazem parte desse grupo a ex-presidente da Universidade de Nice, Frédérique Vidal, na pasta do Ensino superior, da Pesquisa e da Inovação, Françoise Nyssen, que dirigia a editora Actes-Sud, que assume como ministra da Cultura, e a ex-esgrimista Laura Flessel, cinco vezes medalha olímpica e seis vezes campeã mundial, no ministério do Esporte.

primeira equipe de Édouard Philippe também deu espaço para os centristas, com o veterano François Bayrou, que volta ao governo pela primeira vez desde 1997, e assume o ministério da Justiça. Já Marielle de Sarnez, que também pertencia ao partido de Bayrou, o Movimento Democrata, foi nomeada ministra das Relações Europeias. 

Macron deveria ter anunciado a formação do governo na terça-feira (16), mas adiou a divulgação em 24 horas para verificar se todos os integrantes potenciais de seu gabinete eram pessoas idôneas. A situação fiscal de cada um dos membros da equipe, assim como a existência de potenciais conflitos de interesses, foram checados minuciosamente.

Veja a lista completa do novo governo francês: 

- Ministro da Agricultura e da Alimentação : Jacques Mézard

- Ministro da Coesão dos Territórios : Richard Ferrand

- Ministra da Cultura : Françoise Nyssen

- Ministro da Economia : Bruno Le Maire

- Ministro da Educação : Jean-Michel Blanquer

- Ministro Ensino superior, da Pesquisa e da Inovação : Frédérique Vidal

- Ministra do Esporte : Laura Flessel

- Ministro das Contas Públicas : Gérald Darmanin

- Ministra do Forças Armadas : Sylvie Goulard

- Ministro da Justiça : François Bayrou

- Ministro do Interior : Gérard Collomb

- Ministro das Relações Exteriores : Jean-Yves Le Drian

- Ministra da Saúde e da Solidariedade : Agnès Buzyn

- Ministro do Transporte e da Ecologia : Nicolas Hulot

- Ministra das Relações Europeias : Marielle de Sarnez

- Ministra dos Territórios Ultramarinos : Annick Girardin

- Ministra do Trabalho : Muriel Pénicaud

- Ministra do Transporte : Elisabeth Borne

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.