Ouvir Baixar Podcast
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 30/04 09h30 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 28/04 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 30/04 09h33 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 28/04 09h36 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 30/04 09h57 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 30/04 15h00 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 30/04 15h06 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 30/04 15h27 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Casal diz ser vítima de atentado em Nice para ganhar indenização e é condenado

media O atentado de Nice, que deixou 86 mortos, foi usado como argumento para pedido de indenização REUTERS/Eric Gaillard

 Um casal de moradores de Cannes, no Sul da França, foi condenado por ter tentado se passar por vítima dos atentados de 14 de julho passado em Nice. Os dois réus, que já haviam cometido a mesma fraude após os ataques de 13 de novembro de 2015 em Paris, queria ganhar as indenizações oferecidas pelas autoridades.

Sasa Damjanovic, de 36 anos, e sua mulher Vera Vasic, de 29 anos, foram condenados por tentativa de fraude contra o Fundo de garantia das vítimas de terrorismo (FGTI na sigla em francês). O organismo público é encarregado de recolher os pedidos de indenização às pessoas afetadas diretamente pelos ataques.

O casal de franceses foi desmascarado quando tentava dar entrada em um pedido de indenização em Nice, após o ataque com um caminhão desgovernado que matou 86 pessoas de deixou mais de 400 feridas. Porém, as autoridades constataram que eles já haviam sido indenizados após os atentados de Paris, que deixaram 130 mortos e mais de 400 feridos na noite de 13 de novembro na casa de espetáculos Bataclan, em restaurantes e na região do Stade de France. Cada um deles chegou a receber uma indenização de € 30 mil.

Diante da coincidência, a polícia lançou uma investigação e constatou que no dia do ataque de Paris ambos estavam no Sul da França. Já em 14 de julho de 2016, estavam em Cannes quando receberam o anúncio do atentado. Na tentativa de repetir o golpe, correram para o hospital da vizinha Nice, onde se apresentaram como vítimas.

Damjanovic pegou seis anos de prisão e sua mulher teve uma pena de três anos pela primeira fraude. Ambos foram condenados a uma pena entre quatro e seis anos de detenção cada pelo golpe ligado ao atentado de Nice. Eles recorreram da sentença e a decisão final deve ser divulgada em maio.

Mais de 2 mil pessoas solicitaram indenizações após o atentado de Nice. Até agora, 1.200 já receberam uma primeira compensação, num valor total de € 18 milhões. Já para os atentados de Paris, 2.600 pedidos foram apresentados e mais € 53 milhões já foram pagos (97% do total das solicitações).

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.