Ouvir Baixar Podcast
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 23/04 09h30 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 24/04 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 23/04 09h33 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 24/04 09h36 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 24/04 09h57 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 24/04 15h00 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 24/04 15h06 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 24/04 15h27 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Tribunal financeiro de Paris é evacuado depois de alerta de bomba

media O centro financeiro do Tribunal de Paris foi evacuado na manhã desta segunda-feira, depois de um telefonema anônimo denunciando a presença de uma bomba no local. Lionel BONAVENTURE / AFP

O pólo financeiro do tribunal de Paris, situado no 9° distrito da capital, foi evacuado nesta segunda-feira (20) depois de um alerta de bomba, segundo a polícia, que recebeu uma ligação anônima por volta das 10h, que não passava de um trote.  

O esquadrão antibomba da polícia parisiense foi mobilizado e enviado ao local. “As verificações habituais estão em andamento”, segundo os agentes. A polícia também cercou o local, impedindo o acesso, e evacuou cerca de cem pessoas que estavam no imóvel.

No prédio trabalham juízes e funcionários especializados encarregados de investigar crimes financeiros. A divisão foi criada no final de 2013, depois do escândalo envolvendo o ex-ministro das Finanças francês, Jérôme Cahuzac, condenado a três anos por fraude fiscal e lavagem de dinheiro.

No local também está sendo investigado o caso do candidato às eleições presidenciais francesas, François Fillon, acusado de manter empregos-fantasmas para seus familiares dentro do governo.

Carta-bomba no FMI

A ameaça acontece quatro dias depois do envio de uma carta-bomba que explodiu na quinta-feira (16) na sede do Fundo Monetário Internacional em Paris, que deixou um ferido. O pacote, despachado de Atenas, foi reivindicado pelo grupo anarquista grego Conspiracy of Fire Nuclei. A explosão deixou um ferido leve.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.