Ouvir Baixar Podcast
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 23/11 14h27 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 23/11 14h06 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 23/11 14h00 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 23/11 08h57 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 23/11 08h36 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 23/11 08h30 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 19/11 08h33 GMT
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 19/11 08h30 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Príncipe William faz visita oficial a Paris 20 anos após morte de Diana

media Príncipe William e Kate Middleton farão visita oficial a Paris, 20 anos após a morte de Lady Di. REUTERS/Phil Noble

O príncipe William e sua esposa Kate realizarão uma viagem oficial a Paris neste sábado (18) e domingo (19), cinco meses antes do 20º aniversário da morte de sua mãe, a princesa Diana, em um acidente de carro na capital francesa.

William, o segundo na linha de sucessão ao trono britânico, e Kate, respectivamente o duque e a duquesa de Cambridge, se reunirão com o presidente François Hollande para lançar uma iniciativa chamada "Les Voisins" (Os vizinhos), destinada a estreitar os laços entre ambos os países, em um momento em que o Reino Unido se prepara para iniciar o processo de saída da União Europeia.

Os duques de Cambridge também presidirão um jantar na embaixada britânica e assistirão a uma partida de rúgbi entre as seleções francesa e galesa, no âmbito do torneio Seis Nações, no sábado nos arredores de Paris.

Este será o primeiro compromisso do príncipe, de 34 anos, como chefe da União Galesa de Rúgbi desde que assumiu o cargo, até então ocupado pela sua avó, a rainha Elizabeth II. O casal viajará sem os filhos, George, de três anos, e Charlotte, de um.

A lembrança de Lady Di em Paris

Embora não esteja prevista nenhuma comemoração oficial durante a viagem, a imprensa europeia considera difícil evitar a emoção que será despertada pela visita do primogênito da princesa Diana à cidade onde ela morreu, em 31 de agosto de 1997.

William tinha apenas 15 anos e seu irmão Harry, 12, quando sua mãe e o namorado, Dodi Al Fayed, morreram depois que o Mercedes em que estavam colidiu em um túnel no centro de Paris, enquanto o casal era perseguido por jornalistas.

O motorista, Henri Paul, francês, também morreu no acidente. Dias depois, foi descoberto que ele dirigia com níveis de álcool no sangue acima dos permitidos.

Para marcar o 20º aniversário da morte de Diana, os príncipes anunciaram que este ano organizariam uma arrecadação de fundos para financiar uma estátua da mãe, que a princípio seria erguida nos jardins do Palácio de Kengsington, em Londres, onde ela morava.

Herdeiros do trono

A visita a Paris é mais uma demonstração de que tanto Willian como seu pai, o príncipe Charles, herdeiro do trono, estão assumindo aos poucos cada vez mais deveres da rainha, que completará 91 anos em 21 de abril.

Willian e Kate também planejam visitar a Alemanha e a Polônia em julho. O duque de Cambridge anunciou que deixará seu cargo de piloto de ambulância aérea para se concentrar mais nas obrigações reais.

Os tabloides britânicos apelidaram o príncipe de "preguiçoso" pelo número de atos em que participa em comparação com a rainha. Tanto Willian quanto Kate são imensamente populares no Reino Unido, e também contam com um número considerável de admiradores na França.

Com informações da AFP

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.