Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 15/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 15/11 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 15/11 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 14/11 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 14/11 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 14/11 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 14/11 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 14/11 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Gelo provoca onda de fraturas na França e sobrecarrega hospitais

media As temperaturas chegaram a abaixo de zero neste fim de semana na França (Taíssa Stivanin/RFI Brasil)

O frio e o gelo no norte da França e na região parisiense no fim de semana deixaram calçadas e ruas escorregadias, provocando vários casos de queda de pessoas com fratura. 

Na cidade de Lille, no norte do país, hospitais da região acionaram o chamado “plano branco”, que permite cancelar atendimentos pré-agendados para abrir leitos aos acidentados, além de convocar profissionais que estavam de folga ou em férias. Ainda assim, 35 pessoas tiveram que esperar para serem operadas.

Em um intervalo de duas horas, na manhã deste sábado, equipes de resgate fizeram 250 intervenções em Lille para socorrer pessoas com fraturas – um verdadeiro recorde.

"Nunca vi tantos acidentes"

O diretor do Pronto Socorro do Hospital de Lille, Patrick Goldstein, disse que, em 40 anos de vida profissional , nunca tinha visto tantos casos de fraturas que necessitam de cirurgia em tão pouco tempo. Os acidentes mais comuns, provocados por quedas em placas de gelo, atingem ossos das mãos e do antebraço, da clavícula e o colo do fêmur.

O alerta contra a neve foi suspenso na região norte na manhã desta segunda-feira , mas ainda está valendo na região parisiense, onde a temperaturas variam de mínima zero, máxima de 4 graus.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.