Ouvir Baixar Podcast
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 25/06 09h30 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 27/06 09h30 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 25/06 09h33 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 27/06 09h36 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 27/06 09h57 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 26/06 15h00 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 26/06 15h06 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 26/06 15h27 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Últimas notícias
  • UE impõe à Google multa recorde de € 2,4 bilhões por abuso de poder dominante

PT não está aniquilado politicamente após municipais, diz especialista francês

PT não está aniquilado politicamente após municipais, diz especialista francês
 
O sociólogo francês Dominique Vidal. RFI

Os resultados das eleições municipais no Brasil retratam a relação dos eleitores com a classe política brasileira, principalmente após o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. No entanto, o recuo do Partido dos Trabalhadores (PT) em grandes centros, como São Paulo, não representa o fim da legenda, na opinião do sociólogo da Universidade Paris Diderot, Dominique Vidal.

Segundo o pesquisador, especialista em estudos sobre o Brasil, o resultado das urnas mostra que há uma forte resistência dos brasileiros com relação ao PT. No entanto, esse distanciamento não deve ser generalizado para os todos os candidatos esquerda, assinala o sociólogo, lembrando que no Rio de Janeiro, Marcelo Freixo (PSOL) foi para o segundo turno. “Isso mostra que as novas lideranças da esquerda estão aos poucos se impondo com uma certa credibilidade para representar novas forças de mudanças”, comenta.

Além disso, ele ressalta que mesmo se o resultado do pleito traduz uma perda da importância dos candidatos petistas, o PT continua sendo uma das formações políticas de maior relevância no Brasil. “O Partido dos Trabalhadores não está aniquilado politicamente e tem todas as condições de se reconstituir, mesmo se não é mais a força hegemônica na esquerda brasileira e vai ter que fazer alianças com outras formações de esquerda”.

Eleições presidenciais incertas apesar do avanço do PSDB

Ainda de acordo com o especialista, tudo indica que o PSDB saiu reforçado dessas eleições municipais e vai poder lançar um candidato forte nas presidenciais de 2018. “Os resultados de São Paulo vão ser uma plataforma para a candidatura de Geraldo Alckmin. Mas até 2018 muita coisa pode acontecer. Ainda é cedo para dizer que o PSDB vai eleger o próximo presidente da República.”


Sobre o mesmo assunto

  • Brasil/Eleições

    Imprensa europeia prevê derrocada do PT e guinada à direita nas eleições municipais

    Saiba mais

  • Brasil/eleições municipais

    Previsão de queda do PT marca eleições municipais no Brasil

    Saiba mais

  • Brasil

    Diante da esquerda abalada, evangélicos emergem no Brasil, diz Le Monde

    Saiba mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
Programas
 
O tempo de conexão expirou.