Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 23/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/08 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Incêndio em bar de Rouen, na França, deixa 13 mortos e 6 feridos

media Fachada do bar "Au Cuba Libre" de Rouen, destruído por um incêndio que deixou 13 mortos na madrugada deste sábado, 6 de agosto de 2016. REUTERS/Clotaire Achi

Um incêndio em um bar de Rouen, no noroeste da França, deixou ao menos 13 mortos e seis feridos. A tragédia aconteceu na madrugada deste sábado (6). O incêndio, o pior dos últimos 10 anos no país, seria acidental.

Uma festa de aniversário no salão do subsolo do bar Cuba Libre, de Rouen, alugado para o evento, se transformou em um drama. O local foi completamente destruído pelas chamas. O incêndio foi provocado pelas velas do bolo que caíram no chão e logo se propagaram pelo carpete, tecidos e estrutura de madeira.

Vinte pessoas participavam da festa; Treze morreram e seis ficaram feridas, uma delas em estado grave. As vítimas, com idades entre 18 e 25 anos, se intoxicaram. As testemunhas relaram um incêndio violento, que destruiu a fachada do bar.

Incêndio provavelmente acidental

Uma investigação foi aberta para determinar as causas da tragédia, mas a origem acidental é privilegiada. Sem esperar o resultado do inquérito, o prefeito de Rouen, Yvon Robert, afirmou que o drama é “100% acidental”.

A secretária de Estado francesa para a Formação Profissional, Clotilde Valter, visitou o local na manhã deste sábado e disse que este é o “incêndio que provocou o maior número de vítimas fatais nos últimos 10 anos, na França.” Ela não quis revelar se o bar Cuba Libre respeitava as normas de segurança.

O primeir-ministro Manuel Valls declarou sua “profunda tristeza diante dessa tragédia.” O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, salientou em um comunicado sua “compaixão com as vítimas e seus familiares.”

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.