Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 18/08 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 18/08 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 18/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 17/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 17/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 17/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 17/08 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 17/08 09h33 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Parlamento francês aprova acordos para inaugurar ponte Brasil-Guiana

media Ponte entre o Brasil e a Guiana Francesa Divulgação

O Parlamento francês aprovou nesta sexta-feira (1°) os acordos internacionais para a inauguração da tão aguardada ponte entre o Brasil e a Guiana Francesa, que passa sobre o rio Oiapoque. A chamada Ponte Binacional foi construída há quatro anos e meio.

Esse acordos, que incluem transporte rodoviário e circulação transfronteiriça de bens de subsistência entre os dois países, já haviam sido aprovados pelo Congresso Nacional brasileiro.

Falta agora a promulgação pelo presidente francês, François Hollande, e pelo presidente brasileiro.

Degradação da estrutura

Os anos de exposição ao tempo, sem qualquer uso, dão à ponte aspecto de abandono e degradação. O governo do Amapá, no entanto, nega que seja necessária nova obra para revitalização e afirma que apenas uma pintura deixará a ponte pronta para uso.

O anúncio do projeto de ligação entre a cidade brasileira e o território francês ocorreu em 1997 e foi feito por Fernando Henrique Cardoso e Jacques Chirac, presidentes dos países à época.

A ponte, no entanto, só foi concluída em 2011, mas nunca foi aberta à circulação. É uma ponte estaiada, suspensa por cabos, de 378 metros de comprimento. A obra custou R$ 61 milhões.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.