Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/10 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/10 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/10 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 19/10 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 19/10 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/10 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/10 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Defesa dos animais une Brigitte Bardot e Marine Le Pen

media Imagens de Le Pen com gatos fazem parte da estratégia de marketing para suavizar sua imagem. Marine Le Pen/Divulgação

O partido de extrema-direita da líder Marine Le Pen lançou nesta segunda-feira (7) o que chama de “coletivo” dedicado à proteção dos animais, a exemplo do que já havia feito com outras causas como a educação nacional e a economia. O “coletivo” da vez, capitaneado pela eurodeputada Sophie Montel, despertou a simpatia da atriz Brigitte Bardot, notória defensora da causa animal, que enviou uma carta agradecendo Le Pen pela iniciativa.

“Finalmente um partido político que se interessa pelo sofrimento dos animais. Obrigado, Marine. Obrigado, Sophie”, escreveu Bardot na carta, que foi devidamente reproduzida por Le Pen e pela eurodeputada de seu partido em suas contas do Twitter.

A manifestação consolida o flerte de Bardot com o partido extremista. No último mês de julho, a atriz recebeu o vice-presidente da Frente Nacional, Florian Philippot, em sua casa em Saint Tropez – a célebre La Madrague. Na ocasião, Philippot agradeceu “o amor incondicional” de Bardot pelos animais.

Em setembro, Bardot se rasgou em elogios a Marine Le Pen em entrevista ao canal France 2. “Adoro Marine. Não tenho porque esconder, ela tem alguma coisa a mais do que os outros: é a única mulher, mas ela tem um par de bolas”, disparou.

Foie gras

O novo coletivo de proteção aos animais da Frente Nacional foi lançado nesta segunda-feira em uma entrevista coletiva, em Paris, na presença da deputada Sophie Montel e da própria Marine Le Pen, que nos últimos dias vem povoando o noticiário francês com imagens ao lado de gatos e outros bichos.

Montel garantiu que os debates do grupo – que tem por objetivo colaborar na elaboração da candidatura às eleições presidenciais de 2017 – não evitará temas tabu, como a produção de foie gras, cujo método é considerado cruel para patos e gansos.

Apesar de fazer parte da ofensiva de marketing para suavizar a imagem de Marine Le Pen junto ao eleitorado, a defesa dos animais corre o risco de colocar a líder da extrema-direita em saias-justas. Em diversas declarações do passado, ela não hesitou em posicionar em primeiro lugar o que considera o interesse dos agricultores e criadores franceses – inclusive na disputa entre os produtores de foie gras e os ambientalistas.

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.