Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/06 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/06 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/06 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/06 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 19/06 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 18/06 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 18/06 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Incêndio criminoso destrói objetos históricos de igreja em Fontainebleau

media A igreja de Saint Louis em Fontaineblaeu foi incendiada na noite do 10 ao 11 de janeiro de 2016. Facebook/Frederic Valletoux

Uma igreja na cidade francesa de Fontainebleau, a 60 quilômetros de Paris, foi incendiada no fim-de-semana, destruindo vários objetos históricos. Nesta segunda-feira (11), o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve,esteve no local e se disse chocado “com a dimensão simbólica do ato”.

A ministra da Cultura, Fleur Pellerin, também denunciou em um comunicado o desaparecimento de vários objetos. Segundo ela, destruir essas relíquias é como atacar "a Arte e a História”. Essas obras, disse, devem ser preservadas e transmitidas às gerações futuras.

Na noite de sábado para domingo, um incêndio criminoso atingiu a igreja de Saint Louis, no centro da cidade. Um altar do século 17, que pertencia ao castelo de Fontainebleau, foi totalmente destruído pelo fogo.

“Podemos falar de profanação já que as hóstias foram derrubadas no chão e a âmbula foi roubada”, declarou o vigário da paróquia, José Antonini. Duas estátuas do menino Jesus que faziam parte de um présepio também foram levadas.

Suspeito nega envolvimento

Nesta segunda-feira (11) à tarde, um sem-teto de 48 anos foi detido para interrogatório. Segundo o promotor do tribunal de Fontainebleau, Guillaume Lescaux, o suspeito nega qualquer envolvimento no caso. De acordo com a polícia, o vigário teve um violento bate-boca no último dia 19 com dois sem-teto que se instalaram nos arredores da paróquia. Depois da briga, o pároco recebeu ameaças.

Um dos sem-teto continua internado na ala psiquiátrica de um hospital local, e o segundo, detido para interrogatório, está sendo acompanhado por um psiquiatra em consultas externas.

A França possui 45 mil igrejas católicas, além de 4 mil templos protestantes e 150 edifícios ortodoxos.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.