Ouvir Baixar Podcast
  • 08h30 - 08h33 GMT
    Jornal 04/12 08h30 GMT
  • 08h30 - 08h36 GMT
    Jornal 08/12 08h30 GMT
  • 08h33 - 08h57 GMT
    Programa 04/12 08h33 GMT
  • 08h36 - 08h57 GMT
    Programa 08/12 08h36 GMT
  • 08h57 - 09h00 GMT
    Flash de notícias 08/12 08h57 GMT
  • 14h00 - 14h06 GMT
    Jornal 08/12 14h00 GMT
  • 14h06 - 14h27 GMT
    Programa 08/12 14h06 GMT
  • 14h27 - 14h30 GMT
    Flash de notícias 08/12 14h27 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Cadáver é encontrado em avião da Air France vindo do Brasil para Paris

media O corpo foi encontrado em um Boeing 777 da Air France, vindo do Brasil. REUTERS/Marcus R Donner

O cadáver de um homem foi encontrado na tarde desta segunda-feira (11) dentro do trem de pouso de um avião da Air France que fazia a rota entre São Paulo e Paris. O corpo foi transferido para o Instituto Médico Legal (IML) da capital francesa para identificação.

O cadáver foi encontrado dentro de um Boeing 777, que chegou em Paris no sábado (9), pelas equipes do aeroporto de Orly, onde é realizada parte da manutenção das aeronaves da companhia aérea francesa. O corpo ficou no trem de pouso durante dois dias antes de ser localizado.

As autoridades não informaram em qual voo exatamente o cadáver foi encontrado. A Air France tem duas rotas entre São Paulo e Paris nas sextas-feiras, que decolam em Guarulhos às 18h15 e às 21h25, e aterrissam na capital francesa no sábado. Um terceiro voo, com escala em Amsterdã, também sai de Cumbica às 21h10.

Segundo fontes aeroportuárias, o corpo foi levado para o IML para ser identificado. A investigação está sendo comandada pela polícia dos transportes aéreos. 

Falta de oxigênio e temperaturas extremas

O trajeto entre São Paulo e Paris em um voo direto dura cerca de 11 horas. No entanto, com a falta de oxigênio e as baixas temperaturas, que podem chegar a 40 graus negativos dentro do trem de pouso, é quase impossível para um ser humano sobreviver mais de uma hora no local nessas condições. Além disso, o risco de ser esmagado pelo próprio trem de pouso no momento de aterrissagem ou da decolagem, torna a situação ainda mais perigosa.

Em abril de 2014, um jovem que fugia de casa se escondeu no trem de pouso de um avião nos Estados Unidos. O rapaz sobreviveu durante as cinco horas de voo, um fato raro que, até hoje, ainda não foi completamente explicado pelos especialistas.

(Com informações da AFP)

 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.