Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 22/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 22/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 22/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 22/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Câmera de segurança filma terrorista no metrô durante atentados

media Abdelhamid Abaaoud foi filmado no metrô de Paris capture d'écran youtube

Uma nova revelação na manhã desta sexta-feira (20) deixou os franceses arrepiados: o terrorista belga Abdelhamid Abaaoud, um dos cérebros dos atentados em Paris, morto pela polícia na quarta-feira (18), ao norte da capital, pegou o metrô no dia 13 de novembro em meio à onda de ataques. Isso leva a crer que Abbaaoud não só planejou, mas pode ter participado diretamente das ações terroristas na capital.

Uma câmera de segurança da linha 9 do metrô parisiense registrou a imagem de Abaaoud às 22h14, ou seja, durante os atentados, perto de Montreuil, localidade onde a polícia encontrou um dos carros usados pelos terroristas. A informação foi revelada pelo canal de TV BFM.

A presença desse belga, membro do alto escalão do Estado Islâmico em Paris, gera críticas ferrenhas contra todos os serviços de inteligência europeus.

As autoridades francesas descobriram, depois dos atentados, que Abaaoud fez várias viagens entre a Síria e a Europa nos últimos dois anos, quando ele já era objeto de um mandado de prisão internacional. Abaaoud circulou pelo menos por quatro países: Bélgica, Alemanha, Grécia e França, sem que nenhum policial de fronteira ou de inteligência tenha notado a presença desse homem no bloco.

Essa porosidade nas fronteiras e as falhas nos serviços de inteligência vão ser discutidas nesta sexta-feira em uma reunião dos ministros da Justiça e do Interior da União Europeia em Bruxelas.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.