Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 23/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 23/08 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 23/08 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 23/08 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 23/08 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 23/08 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 22/08 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 22/08 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Temperaturas podem ultrapassar 40 graus e França entra em estado de alerta

media Onda de calor invade a França e deve durar toda a semana. ©Jean-Baptiste Gurliat/Mairie de Paris

O alerta "laranja" para enfrentar o forte calor na França vai entrar em vigor à partir das 14h desta terça-feira (30) em 26 departamentos das regiões leste, sudoeste, do centro e onde se encontra a capital, Paris. A decisão foi adotada após a agência de meteorologia France Météo anunciar "um período de calor intenso precoce e durável", com temperaturas que podem ultrapassar 40°.

Em um comunicado, a agência indica que na tarde desta segunda-feira e até à noite as temperaturas serão "moderadas". Depois, é preciso se preparar para o pior. Segundo Météo France, a onda de calor que atingiu o sul da Espanha "vai progredir em direção ao sudoeste até as regiões onde estão Paris e Lyon".

A agência francesa prevê temperaturas máximas acima de 35°. Em Lyon, por exemplo, os termômetros devem marcar 37° e chegar e até mesmo ultrapassar os 40° no sudoeste. A noite de terça-feira para quarta-feira será a primeira na qual a temperatura mínima pode ficar acima de 20 graus, segundo Météo France.

No comunicado, a agência indica que o período de calor intenso pode se prolongar até o próximo final de semana. Os departamentos próximos do Oceano Atlântico vão registrar um pico de forte calor entre terça-feira e quarta-feira, mas a chegada de uma massa de ar frio vinda do oceano vai permitir uma queda acentuada da temperatura. Nesses departamentos, como a onda de calor vai durar apenas dois dias, o alerta foi classificado como amarelo.

Fonte do Trocadeiro, serve como área para se refrescar nestes dias de calor intenso. © Henri Garat / Maire de Paris

Serviços à população

O alerta laranja é o terceiro de uma escala que vai até quatro. As cores verdes, amarela, laranja e vermelha refletem os riscos que representam os fenômenos meteorológicos para a população.

No caso do calor intenso, o alerta laranja aciona um dos níveis mais importantes do plano do governo chamado "Canicule" (Canícula), um dispositivo criado depois da onda excepcional de calor em 2003, que deixou mais de 15 mil mortos na França.

O plano é acionado todos os anos a partir do dia 1° de junho e tem como objetivos a prevenção e atuação durante períodos de crise.

A aplicação do Plano "Canicule" é condicionada aos níveis de alerta anunciados pela agência Météo France. Com o alerta laranja, os prefeitos e responsáveis pelos departamentos podem acionar a rede pública de saúde e social para fazer o acompanhamento e assistência a pessoas mais vulneráveis ao intenso calor como crianças e idosos.

Além de números de urgência colocados à disposição dos moradores, serviços como visitas à domicílio são propostos para as pessoas inscritas em um cadastro municipal.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.