Ouvir Baixar Podcast
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 21/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 21/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 21/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 21/09 09h57 GMT
  • 09h33 - 09h57 GMT
    Programa 21/09 09h33 GMT
  • 09h30 - 09h33 GMT
    Jornal 21/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 20/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 20/09 15h06 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
Cultura

França lança "trem do Impressionismo" que liga Paris a Giverny

media Cartaz de divulgação do "trem do impresionismo". DR

A região da Normandia e a SNCF, a rede ferroviária francesa, lançaram neste sábado (18) o "trem do Impressionismo". A partir de agora, e até o mês de setembro quando termina a alta temporada na França, o trem vai ligar Paris a Giverny, cidade onde Claude Monet, um dos maiores representantes do Impressionismo, morou e pintou importantes quadros, como as famosas ninfeias.

A inauguração do trem do Impressionismo da SNCF contou com a participação do ministro das Relações Exteriores e do Turismo da França, Laurent Fabius. A cerimônia aconteceu na manhã deste sábado na estação Saint-Lazare de Paris, ponto de partida da viagem até Giverny. O trem regional que vai circular apenas nos finais de semana é decorado com reproduções de quadros de Claude Monet e Camille Pissarro. Os jovens pintores que fizeram a decoração dos vagões também participaram do lançamento.

Além da decoração, a novidade é que os turistas que quiserem conhecer Giverny vão se beneficiar de um pacote. Eles vão pagar € 54,90 (cerca de R$ 170,00) pela passagem de ida e volta que inclui ainda entradas para a casa e o jardim de Claude Monet e para o museu dos Impressionismos.

Os trens partem sempre às 11h00, no sábado ou domingo, como volta prevista às 18h53.

Os impressionistas e a Normandia

“Se os pintores foram à Normandia no século 19 é porque a região era bem servida pela rede ferroviária na época”, lembrou o ministro Laurent Fabius. Hoje, o Impressionismo é uma arma importante da região para atrair turistas.

A cada ano, cerca de 600 mil pessoas visitam Giverny para conhecer os jardins e as famosas ninfeias que inspiraram Claude Monet. Para receber o trem do Impressionismo, a estação de Vernon, ponto final da viagem, foi rebatizada de Vernon-Giverny e foi também decorada com quadros de mestres impressionistas.

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.