Ouvir Baixar Podcast
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 20/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 20/09 09h36 GMT
  • 09h30 - 09h36 GMT
    Jornal 20/09 09h30 GMT
  • 15h27 - 15h30 GMT
    Flash de notícias 19/09 15h27 GMT
  • 15h06 - 15h27 GMT
    Programa 19/09 15h06 GMT
  • 15h00 - 15h06 GMT
    Jornal 19/09 15h00 GMT
  • 09h57 - 10h00 GMT
    Flash de notícias 19/09 09h57 GMT
  • 09h36 - 09h57 GMT
    Programa 19/09 09h36 GMT
Para poder acessar todos os conteúdos multimídia, você deve instalar o plugin Flash no seu navegador. Para se conectar, você deve ativar os cookies nas configurações do navegador. O site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e +.
França

Jean-Marie Le Pen acusa filha de “dinamitar” Frente Nacional

media REUTERS/Martin Bureau

A troca violenta de farpas entre Jean Marie Le Pen, fundador do partido de extrema-direita Frente Nacional, e sua filha e atual líder do partido, Marine Le Pen, ganhou mais um capítulo nessa sexta-feira (10). Em entrevista à rádio francesa RTL, Jean Marie Le Pen disse que vai se "defender" e que vai "partir para o ataque".

Jean Marie Le Pen, fundador de Frente Nacional e, durante vários anos, principal nome do partido, não vai se sujeitar pacificamente à decisão da sua filha de submetê-lo a um julgamento por uma comissão disciplinar interna. Le Pen deu, recentemente, declarações de alto teor racista e antissemita à imprensa francesa. Mas, segundo ele, é a filha representa uma ameaça ao futuro do seu partido. “A senhora Le Pen está dinamitando a sua própria formação política”, diz.

Na entrevista, o fundador da Frente Nacional, que nunca foi politicamente correto e baseou sua carreira em polêmicas, criticou a estratégia da sua filha para se tornar mais "palatável" aos olhos do eleitorado e conquistar um lugar definitivo na cena política francesa. “Acho que é uma manobra deliberada para tentar se conciliar, atrair a simpatia ou a indulgência da parte do sistema”, atacou Jean Marie Le Pen.

As declarações de Le Pen hoje foram uma resposta a uma entrevista que Marine Le Pen concedeu ontem no horário nobre a uma rede de televisão francesa. Ela declarou que o partido não pode ser comandado por ideias pessoais de membros que não estão “conformes ao estatuto” da Frente Nacional. Sem meias, palavras, ela mandou um recado direto para seu pai. “Jean Marie Le Pen deveria dar uma prova de sabedoria, avaliar os problemas que ele mesmo criou e, talvez, abandonar as suas responsabilidades políticas.”

Jean Marie Le Pen promete lutar para ficar na vida política

Le Pen, de 86 anos, não parece disposto a se aposentar e a deixar de influenciar o partido fundado por ele e conta ainda com aliados. Entre eles, Louis Aliot, companheiro de Marine Le Pen. Para seu genro, Jean Marie Le Pen não deve ser excluído do partido em respeito a toda a sua carreira.
 

Sobre o mesmo assunto
 
O tempo de conexão expirou.